Hormônios

Os hormônios são substâncias produzidas pelo organismo para regular a atividade de órgãos vitais. Tendo em vista que os níveis de hormônios diminuem com a idade, alguns pesquisadores especulam que eles desempenham importante papel sobre o processo de envelhecimento. De acordo com os defensores dos produtos hormonais, é possível retroceder o relógio do organismo com a reposição hormonal. Os suplementos encontrados incluem:

o DHEA. A deidroepiandrosterona (DHEA) é convertida pelo nosso organismo em hormônios sexuais (estrógeno e testosterona). É encontrada em maiores quantidades no organismo por volta dos 25 anos de idade. Após essa fase, a produção diminui. Há estudos que relatam que a DHEA é capaz de evitar o envelhecimento, aumentar a força muscular e a massa óssea, queimar gorduras, melhorar a cognição, reforçar o sistema imunológico e proteger contra muitas doenças crônicas.

o Testosterona. A redução nos níveis do hormônio sexual masculino vem sendo associada com queixas comuns do envelhecimento, como a diminuição da energia e do desejo sexual. Os entusiastas afirmam que, aumentando os níveis de testosterona através do uso de medicamentos – geralmente além dos valores normalmente encontrados –, é possível aumentar a energia, a sensação de bem-estar e o desejo sexual. Esses benefícios ainda não foram comprovados. Em doses elevadas, a testosterona pode provocar problemas de próstata, elevação do colesterol e infertilidade.

o Melatonina. Trata-se de um hormônio produzido pelo cérebro que ajuda a regular o sono. Parece promissora no tratamento da insônia e na mudança de fusos horários (jet lag). No entanto, ainda não foi comprovado que a melatonina, outro substância antioxidante, possa diminuir ou reverter o envelhecimento, combater o câncer ou melhorar a vida sexual. Os suplementos encontrados contém quantidades muitas vezes maiores que aquela encontrada no organismo. Quando tomados de forma inadequada, podem interferir com os ciclos de sono.

o Hormônio do crescimento humano (HGH). A produção desse hormônio, responsável pelo estirão do crescimento em crianças, diminui após a adolescência. Os seus defensores alegam que injeções de HGH, vendidas sob prescrição médica, queimam gorduras, aumentam a massa muscular e a energia do organismo. Alguns estudos sugerem alguns benefícios na utilização do HGH. Entretanto, poucos pacientes foram estudados e a maioria dos médicos acreditam ser muito cedo para tirar conclusões definitivas. Os possíveis efeitos colaterais incluem a retenção de líquidos, dor articular, diabetes, hipertensão arterial e pólipos do cólon.

o Terapia de reposição hormonal. Para as mulheres, a terapia de reposição de estrógeno mostrou-se importante na manutenção de ossos fortes, além de restaurar a lubrificação vaginal e a elasticidade da pele. Também pode ajudar a manter a capacidade mental com o passar dos anos. No entanto, os dados também apontam para a possibilidade de câncer de mama e coágulos sangüíneos. Enquanto alguns estudos mostram uma redução no risco de doenças cardíacas, outros apontam para um risco ainda mais elevado.

0 Responses to “Hormônios”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Twitter @vivamelhor

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.164

Calendário

setembro 2010
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 998.435 hits

%d blogueiros gostam disto: