Arquivo para maio \13\UTC 2009

A influência das redes sociais (dentro e fora) do ambiente corporativo

network
O crescimento das redes sociais propicia um ambiente de colaboração cada vez mais rico e intenso. Mas será que o RH está preparado para usar, no dia a dia, todas as possibilidades dessa nova vida virtual?

O ambiente de colaboração a que nos referimos pode ter vários nomes: Orkut, LinkedIn, Facebook, Hi5, MySpace etc., mas abarcam um único conceito: o de redes sociais. É a tradução do que a chamada Web 2.0 pode oferecer para nós, pobres mortais, e para as empresas – estas, ávidas por participar de comunidades nas quais seus funcionários, clientes e, por que não, concorrentes possam trocar experiências e informações com o objetivo de superar dificuldades do mercado ou problemas internos, de melhorar um processo ou até mesmo de identificar e recrutar um talento…clique aqui para ler esta matéria na íntegra.

Fonte: Revista Melhor (nº 257 4/2009)

A gripe suína pode matar?

criancas-mexico-aula-mascara-436
A gripe comum mata entre 250 mil e 500 mil pessoas a cada ano, principalmente entre a população mais idosa, que possui a imunidade comprometida. As mortes em geral ocorrem por uma complicação da gripe, a pneumonia. A doença também pode predispor a infecções por bactérias. 

Análises preliminares do vírus causador da gripe suína, o H1N1, sugerem que se trata de uma linhagem menos agressiva, segundo cientistas. Especialistas acreditam que seria necessária uma nova mutação para que o H1N1 causasse a alta taxa de mortalidade que alguns previam.

No entanto, até agora é impossível prever com precisão como a doença vai evoluir e qual a sua taxa de mortalidade. Como muitos casos suspeitos ainda precisam ser confirmados por exames laboratoriais, ainda não se sabe ao certo o número exato de vítimas da gripe suína.

Segundo especialistas, serão necessárias semanas ou até meses de análises biológicas até que se possa conhecer o potencial de letalidade do vírus.

Para saber mais sobre a Gripe Suína e ler sobre as perguntas mais frequentes sobre a epidemia clique aqui.

Fonte: Uol Ciência e Saúde (28.04.09)

Sustentabiblidade!

Fonte: Campanha veiculada no canal pago GNT.

Viva Melhor Express: Fumante por tabela!

VMX-Fumante-passivo

Parece difícil manter a ansiedade sob controle? Então faça uma pausa e leia esta matéria!

businessman in the cube

A tensão parece fazer parte do dia-a-dia, como uma característica inerente aos tempos modernos. Embora a humanidade tenha enfrentado todo tipo de adversidade ao longo da evolução, o que vivemos hoje é um momento em que as mudanças são grandes e se processam num espaço curtíssimo de tempo.

Como é impossível acompanhar todas elas, a sensação que permanece é a de que estamos ficando para trás. Como se não bastasse, não há um consenso sobre os valores que norteiam a sociedade, o que cria um estado de insegurança, pois cada um tem que criar sua própria ordem moral.

Nesse cenário, não só a ansiedade cotidiana como os transtornos de ansiedade encontram terreno propício para se proliferar. Segundo pesquisa do ambulatório de ansiedade no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, 20% da população brasileira sofre com algum tipo de problema relacionado à sensação de alerta constante. Ela é desencadeada pela percepção de uma ameaça futura, relacionada a um perigo abstrato ou desconhecido. Esse, aliás, é o ponto que distingue o medo da ansiedade. Enquanto o primeiro refere-se a uma ameaça objetiva – um homem desconhecido que nos segue a passos largos -, o segundo tem a ver com uma possibilidade que nos causa certa preocupação – como o fato de acharmos que não conseguiremos entregar um trabalho a tempo…clique aqui para ler essa matéria na íntegra.

Qual é a sua? Aprenda a diferenciar a ansiedade corriqueira – e saudável – daquela que lentamente evolui para um transtorno mais sério. 

i91910
Fonte: Revista Viva Saúde (nº73)

De acordo com novas pesquisas, a ingestão de certos alimentos não reduz risco cardíaco

mediterranea
Uma revisão de quase 200 estudos sobre alimentação e doenças cardiovasculares mostra que há pouca evidência de que alimentos como salmão, grãos integrais e fibras consigam, sozinhos, reduzir o risco cardíaco.

Segundo os autores do texto, publicado no “Archives of Internal Medicine”, um dos jornais do “Jama” (jornal da Associação Médica Americana), apenas nozes, vegetais e a dieta do Mediterrâneo apresentaram forte relação com a diminuição dessas doenças.

Entre os itens que demonstraram pouca relação com proteção ao coração aparecem peixes, ácidos graxos ômega 3 de fontes marinhas, grãos integrais, fibras, álcool e vitaminas C, E e betacaroteno -justamente os mais presentes em pesquisas sobre o tema.

Como a dieta mediterrânea inclui todos esses alimentos, segundo especialistas ouvidos pela Folha, isso reforça a tese de que, na verdade, é o estilo de vida o fator determinante do risco cardíaco -e não o consumo isolado de alimentos…clique aqui para ler a matéria na íntegra.

Fonte: Folha Online Equilíbrio (11.05.09) 
Foto (divulgação): Getty Images 

Gripe Suína: Brasil confirma 4 primeiros casos de gripe H1N1 no país

gripesuina-2

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, confirmou nesta quinta-feira os quatro primeiros caso da nova gripe H1N1 no Brasil.

“O vírus chegou ao Brasil”, disse o ministro a jornalistas. “Todos passam bem”, acrescentou Temporão. 

Os casos da doença, que ficou conhecida como “gripe suína”, estão nos Estados de São Paulo (2), Minas Gerais (1) e Rio de Janeiro (1). Três pacientes vieram do México e um dos Estados Unidos.

Nesta quinta a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que decidiu manter na fase 5, numa escala que vai até 6, o nível de alerta de pandemia para a doença, que já matou 44 pessoas no México e duas nos Estados Unidos…clique aqui para ler este artigo na íntegra.

Fonte: MSN Notícias


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.287 outros seguidores

Calendário

maio 2009
S T Q Q S S D
    jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 798,861 hits

Top 5


%d blogueiros gostam disto: