Arquivo para janeiro \31\-03:00 2013

No Dia da Não Violência, combatemos os abusos contra os Idosos

A data foi proclamada pelas Nações Unidas, em homenagem a Mahatma Ghandi –  assassinado em 1948. Números oficiais mostram que ainda há muito a fazer. No Brasil esse ano a data levanta as questões da violência contra os idosos.

Para o Ministério da Saúde essa ocasião lembra a importância de combater todos os tipos de violência.

O tema escolhido este ano reflete os dados de 2012, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, que registrou mais de 21 mil denúncias de agressões contra idosos.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://tvbrasil.ebc.com.br

Dia da Não Violência – 30 de janeiro

Dia-da-Não-Violência-2013

Dia da Não Violência lembra a morte de Gandhi

Hoje, dia 30 de Janeiro foi proclamado pela ONU como o dia da não violência em homenagem aMohandas K. Gandhi cujo assassinato ocorreu nessa data, em1948. Trata-se de uma iniciativa voltada à educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos.

ghandi-t
Gandhi, também chamado Mahatma (que significa “grande alma”, “alma iluminada”), nasceu na Índia, em 1869. É considerado um dos principais expoentes do pacifismo e da luta pelo respeito e realização dos direitos humanos e da justiça.

Após estudar direito na Inglaterra, foi trabalhar na África do Sul como advogado. Lá começaram as suas primeiras ações de protesto não violento contra o racismo, baseadas na resistência pacífica e na não cooperação com as autoridades.

Ao fim de anos de luta, e depois de ter conseguido algumas melhorias para a comunidade indiana na África do Sul, decidiu voltar ao seu país de origem – a Índia – e lutar pela sua independência. O país era uma colônia do Império Britânico. Graças a seus esforços, a Índia conquistou a independência em 1947.

Os procedimentos e as formas de luta que Ghandi propôs e utilizou eram:

  • Manifestações pacíficas: diálogos, testemunhos, petições, marchas, jejuns, greves de fome, orações e cooperação com os mais oprimidos.
  • Não cooperação, por meio de boicote sistemático dos produtos ingleses e da recusa a colaborar com um regime ou com um sistema considerado injusto.
  • Desobediência civil, por meio da violação intencional, organizada, sistemática de leis consideradas injustas.

    Gandhi teve grande influência entre as comunidades religiosas hindus e muçulmanas da Índia. No entanto, a tensão entre os dois grupos era enorme e resultou no surgimento do Paquistão, país de maioria muçulmana. Foi por tentar unificar hindus e muçulmanos que Gandhi acabou assassinado por um hinduísta radical.

    Apesar de ter sido indicado cinco vezes entre 1937 e 1948, o pacifista que enfrentou o poder da Inglaterra nunca recebeu o prêmio Nobel da Paz. Décadas depois, no entanto, o erro foi reconhecido pelo comitê organizador do prêmio.

    Além disso, quando o Dalai Lama (Tenzin Gyatso) recebeu o Nobel em 1989, o presidente do comitê disse que o prêmio era “em parte um tributo à memória de Mahatma Gandhi”.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://educacao.uol.com.br

Educação sem Violência no Brasil

Mais do que teoria e prática, a não violência tem que ser uma atitude entre toda a prática de ensino, envolvendo todos os profissionais de educação e estudantes da escola, pais e comunidade em um desafio comum e compartilhado. Assim, a não violência integrada dá ao professor outra visão de seu trabalho pedagógico.

CIMG2545

A escola tem que dar lugar ao diálogo e ao compartilhamento, se tornando um centro para a vida cívica na comunidade.

Para se obter um real impacto, a educação sem violência tem que ser um projeto de toda a escola, o qual deve ser planejado, integrado em todos os aspectos do currículo escolar, na pedagogia e nas atividades, envolvendo todos os professores e profissionais da escola, assim como toda a estrutura organizacional da equipe de tomadas de decisões educacionais.

As práticas de não violência devem ser coerentes e devem estar refletidas nas regras e na utilização das instalações da escola.

Vista pelo ângulo da não violência, a Educação é para:

  • Aprender sobre nossos direitos, responsabilidades e obrigações.
  • Aprender a viver juntos, respeitando nossas diferenças e similaridades.
  • Desenvolver o aprendizado baseado na cooperação, baseado no diálogo e na compreensão intercultural.
  • Ajudar as crianças a encontrar soluções não violentas para resolverem seus conflitos, experimentarem conflitos utilizando maneiras construtivas de mediação e estratégias de resolução.
  • Promover a valores e atitudes de não violência: autonomia, responsabilidade, cooperação, criatividade e solidariedade.
  • Capacitar estudantes a construírem juntos, com seus colegas, seus próprios ideais de paz.

A UNESCO sugere alguns sites e ideias para lidar com a solução de conflitos. Algumas sugestões incluem treinamento para professores e jovens estudantes. Por exemplo, em dezembro de 2008, o setor de Ciências Humanas e Sociais da UNESCO no Brasil, realizou o primeiro exercício de sistematização de experiências do programa Abrindo Espaços: educação e cultura para a paz – programa de inclusão social de abertura das escolas nos finais de semana, oferecendo a jovens e à comunidade atividades artísticas, esportivas e de lazer.

Além disso, publicou uma coleção de oito livros que, além das referências metodológicas e conceituais do programa, contêm também um guia passo a passo para a sua implantação e dois manuais para professores convidando a cultivar a paz em sala de aula e praticar a não violência por meio de jogos pedagógicos ou pelo uso de algumas atividades.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.unesco.org

Dia Mundial da Não Violência

Os profissionais da saúde têm papel fundamental na identificação dos sinais de violência. Nesta segunda-feira, 30 de janeiro, é lembrado o Dia Internacional da Não Violência, escolhido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para marcar a morte de Mahatma Gandhi, símbolo da luta pela não violência, assassinado nesta data em 1948.

diadanaoviolencia

Por meio da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS) e da Política Nacional de Redução da Morbimortalidade  por Acidentes e Violências, o Ministério da Saúde definiu prioridades e estratégias para o enfretamento das violências no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Dentre elas destacam-se: prevenção de violência e a promoção da cultura de paz, prevenção das lesões e mortes no trânsito e a redução do uso abusivo do álcool e outras drogas.

A coordenadora de Vigilância e Prevenção de Violência e Acidentes do Ministério da Saúde, Marta Silva, falou ao Blog da Saúde sobre esta data. Ela explica porque a violência se tornou problema de saúde pública e destaca projetos do Ministério relacionados ao tema.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.blog.saude.gov.br

Cientistas flagram ‘alquimia’ de bactéria da hanseníase

O estudo, publicado na revista científica Cell e liderado por uma equipe de cientistas de Edimburgo, na Escócia, mostrou uma bactéria causadora de hanseníase transformando neurônios em células-tronco e musculares.

hanseniase01-940x500

Os autores dizem que a técnica “inteligente e sofisticada” pode agilizar a pesquisa sobre terapias e células-tronco.

Os especialistas descreveram a descoberta como “surpreendente”.

Cientistas já tinham conseguido realizar uma “alquimia biológica” em laboratório antes, transformando células da pele em células-tronco, que têm o poder de se transformar em qualquer outra parte do corpo, como células do coração ou cérebro.

Um dos pesquisadores, o professor Anura Rambukkana, disse: “As células do nosso corpo podem ser manipuladas. Por que as bactérias não se aproveitariam disso?”

Mestres da manipulação

Para conduzir o experimento, os cientistas usaram camundongos que tiveram neurônios infectados com a bactéria da hanseníase.

Após algumas semanas, a bactéria começou a transformar os nervos de acordo com a sua própria conveniência. A composição das células mudou e elas se tornaram células-tronco.

Mas, ao contrário dos neurônios, que são estáticos, essas células cresceram e se espalharam pelo corpo.

“Trata-se de uma célula-tronco que é gerada pelo tecido do próprio corpo para que o sistema imunológico não a reconheça e ela pode ser usada sem ser atacada”, disse Rambukkana.

Esse tipo de célula também pode se alojar dentro dos músculos e se transformar em células musculares.

“No momento em que vimos isso acontecer, achamos algo bem surpreendente”, acrescentou o pesquisador.

“É a primeira vez que constatamos ao vivo uma bactéria infecciosa criando células-tronco.”

Alquimia

Rambukkana espera que as descobertas possam aumentar o conhecimento sobre a hanseníase e leve a novos caminhos de desenvolvimento de células-tronco – que se tornaram a “menina dos olhos” da medicina por seu potencial de se transformar em outras células e, assim, ajudar no tratamento de várias doenças.

O pesquisador também acredita que é “provável” que outras espécies de bactéria possam ter a mesma habilidade de reprogramar o seu hospedeiro.

Segundo o professor Chris Mason, especialista em pesquisa de células-tronco na Universidade College London, no Reino Unido, “a habilidade da bactéria de converter um tipo de célula de um mamífero em outra é “uma verdadeira alquimia” da natureza, só que em grande escala”.

“Embora essa descoberta surpreendente tenha sido baseada em um experimento com um rato, ela destaca a extraordinária complexidade das interações entre mamíferos e bactérias bem como a engenhosidade dos cientistas para descobrir mecanismos da doença que, uma década atrás, teria sido algo restrito à ficção científica”, disse Mason.

“O próximo passo essencial é traduzir essa parte valiosa de conhecimento em benefícios tangíveis para os pacientes. Mas esse processo pode levar uma década antes de sua relevância para a medicina clínica ser totalmente compreendida”, acrescentou.

Para Rob Buckle, diretor de medicina regenerativa do Medical Research Council, “essa descoberta é importante não só para a nossa compreensão e tratamento da doença bacteriana, mas para a medicina regenerativa, que vem evoluindo rapidamente nos últimos anos.”

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.bbc.co.uk

Dia Mundial do Hanseniano

Em 24/01 é “Dia Mundial do Hanseniano”. Este dia teve origem através dos esforços do Jornalista francês Raoul Follerreau, que motivou a Organização das Nações Unidas (ONU) a criar um dia para lembrar esta doença e “para que um dia esse dia não fosse mais necessário”.

Na década de 50, Raoul Follerrau realizou um trabalho itinerante, visitando hospitais, asilos, locais onde eram isolados os chamados “leprosos”, que são as vítimas daDoença de Hansen.

Infelizmente faleceu antes de ver a doença com tratamento adequado e rápido.

timthumbfe
O QUE É HANSENÍASE?

A hanseníase é conhecida como lepra, hanseníase, morfeia ,mal de hansen ou mal de Lázaro.

Trata-se de uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae (também conhecida como bacilo-de-hansen) que afeta os nervos e a pele.

O nome hanseníase é devido ao descobridor do microrganismo causador da doença Gerhard Hansen. É conhecida como “a doença mais antiga do mundo”, afetando a humanidade há pelo menos 4000 anos e sendo os primeiros registros escritos conhecidos encontrados no Egito, datando de 1350 a.C. Ela é endêmica (específica de uma região) em certos países tropicais, em particular na Ásia.

No Brasil, a hanseníase ainda tem índices de ocorrência alarmantes, em média, 2,7 acometidos em 10 mil habitantes. Prova disso, é que a eliminação da doença é uma meta para as políticas de saúde pública no Brasil

ESTIMULAR O DIAGNÓSTICO PRECOCE

A HANSENÍASE é uma doença contagiosa, que passa de uma pessoa doente, que não esteja em tratamento, para outra. Demora de 2 a 5 anos, em geral, para aparecerem os primeiros sintomas. O portador de hanseníase apresenta sinais e sintomas dermatológicos e neurológicos que facilitam o diagnóstico.

Seus principais sintomas são:

– supressão da sensação térmica do local afetado (em decorrência do acometimento dos nervos). O doente não consegue identificar o frio e o calor;
– Diminuição da sensação de dor no local afetado;
– Na maioria dos casos em manchas de coloração mais clara que a pele ao redor, podendo ser discretamente avermelhada, com alteração de sensibilidade à temperatura, e, eventualmente, diminuição da sudorese sobre a mancha (anidrose).

Depois do estado inicial, a HANSENÍASE pode então permanecer estável (o que acontece na maior parte dos casos) ou pode evoluir para lepra tuberculóide ou lepromatosa, dependendo da predisposição genética particular de cada paciente.

Quando não tratada, a Hanseníase pode causar incapacidades ou deformidades.

COMO E QUEM ESTÁ SUJEITO A SE CONTAMINAR?

Todas as pessoas. Crianças, jovens, adultos, idosos : a Hanseníase não escolhe idade, classe social. Desde que haja um contato prolongado com o bacilo, a pessoa contrai a bactéria.

A contaminação se dá através de pacientes sem tratamento que eliminam os bacilos por secreções nasais, gotículas da fala, tosse e espirro.

É IMPORTANTE RESSALTAR que o paciente em tratamento regular ou que já recebeu alta não transmite.

PREVENÇÃO

A prevenção baseia-se no exame clínico precoce das lesões suspeitas e na aplicação da vacina BCG em todas as pessoas que compartilham o mesmo domicílio com o portador da doença.

TRATAMENTO – HANSENÍASE TEM CURA

Na atualidade, o tratamento se dá através da associação de alguns medicamentos (antibióticos). O tratamento pode ser feito nas redes públicas de saúde e é gratuito.

Muitos esforços são feitos pela Rede de saúde Pública, inclusive com campanhas na mídia – com o objetivo de realizar o diagnóstico precoce. No caso de pacientes com deformações, usa-se próteses e as incapacidades causadas pela hanseníase podem ter ajuda da fisioterapia.

O tempo de tratamento oscila entre 6 e 24 meses, de acordo com a gravidade da doença.

O DIA MUNDIAL DA HANSENÍASE É FUNDAMENTAL PARA LEMBRAR QUE A DOENÇA TEM CURA. NÃO É MAIS NECESSÁRIO CONFINAR E TEMER OS PORTADORES.

Em caso de suspeita da doença, procure seu médico ou um Posto de Saúde.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://helpsaude.com

Dia do Farmacêutico: 20 de Janeiro

No dia 20 de janeiro comemorado o Dia do Farmacêutico, a escolha da data refere-se à fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), em 20 de janeiro de 1916, que até então era a maior instituição representativa da categoria no país.

Vagas_E_Ofertas_De_Emprego_Farmacêutico
O farmacêutico é o profissional que estuda os remédios, cosméticos e alimentos industrializados de modo a assegurar a segurança e eficiência na produção e uso pelo consumidor. Sua área de atuação abarca a pesquisa, produção e distribuição dos mesmos, sendo impreterível o registro no Conselho Regional de Farmácia.

A atividade profissional no nosso país está sob a jurisdição do Conselho Federal de Farmácia que regulamenta seu exercício, com base na Lei 3.820, assinado pelo então presidente Juscelino Kubitschek em 11 de novembro de 1960.

As atribuições e as áreas de atuação do profissional de Farmácia podem ser compreendidas nas seguintes esferas:
– Responsável por testar substâncias que serão utilizadas em remédios, alimentos ou em artigos de perfumaria para comprovar a reação no organismo;

– Registro de novas drogas, e se possivelmente os produtos estão contaminados, alterados ou fora dos padrões ao consumidor final;

– No setor farmacêutico: Pode atuar na indústria onde pesquisa e testa princípios ativos e a aplicação de novas drogas;

– Em farmácias de manipulação:
 Pode atuar na administração e na preparação de remédios e fórmulas individuais, de acordo com a prescrição médica;

– Em cosmetologia: Formula os cosméticos e produtos higiênicos, além de ser responsável pelo controle da qualidade;

– No comércio: Pode atuar no controle a venda de remédios nas drogarias, farmácias, postos de saúde e hospitais.

– No setor alimentício: È responsável por implantar novos procedimentos referentes ao processamento de alimentos em indústrias, além de fiscalizar com rigidez o que são produzidos.

Toda a equipe do Viva Melhor Online parabeniza a todos os farmacêuticos e reforça o reconhecimento e o respeito por todos os profissionais do nosso país!

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.posugf.com.br

Previdência mais perto do Cidadão

Avançando no aprendizado de melhoria da qualidade do serviço e da credibilidade da Previdência Social, diversas ações foram implantadas com o objetivo de levar a Previdência para mais perto do cidadão. São serviços que dão agilidade no atendimento ao segurado e segurada, tiram dúvidas quanto aos benefícios, trazendo mais comodidade àqueles que necessitam da Previdência.

Tais avanços são oriundos de profundos estudos que buscam trazer mais agilidade nos processos previdenciários, com mais comodidade para o segurado e segurada. A maioria dos avanços foram possíveis graças ao desenvolvimento tecnológico dos sistema, que trouxe, por exemplo, a concessão da aposentadoria em até 30 minutos, o extrato previdenciário – obtido na Caixa e no Banco do Brasil – e a carta-aviso, que informa ao segurado quando já tem todas as condições para requerer a aposentadoria. Saiba mais sobre os serviços disponíveis pela Previdência Social.

previdencia1

• Central 135
Com esse serviço, o trabalhador que precisa requerer muitos benefícios da Previdência Social necessita apenas de um telefone, sem precisar sair de casa e nem enfrentar filas.

Por meio do telefone 135, você pode tanto agendar o seu atendimento, com dia e hora marcada, em qualquer Agência da Previdência Social, quanto requerer diretamente o auxílio-doença, pedido de prorrogação (PP), pedido de reconsideração (PR), salário maternidade e pensão por morte, com mais agilidade e respeito.

A ligação é gratuita, se feita de um telefone fixo, e paga, se feita de um telefone celular, mas, neste caso, o custo é de uma ligação local. O horário de funcionamento da Central 135 é das 7h às 22h, de segunda a sábado.

Agilidade
O agendamento, além de possibilitar o atendimento programado e personalizado, permite que você dê entrada no seu pedido de aposentadoria, auxílio-reclusão, benefício assistencial, pecúlio, pensão por morte e salário-maternidade e protocolo de recurso. Poderá ainda programar atendimento de carga para advogado constituído, devolução de carga, devolução de documentos, solicitação de cópias de processo, vistas de processo e análise para conclusão de processos pendentes.

Para ganhar tempo e não precisar ligar mais de uma vez para o 135, o beneficiário deve ter em mãos os seguintes documentos:
O número de inscrição na Previdência Social;
O número do PIS/PASEP (para empregado com carteira assinada);
O número do NIT (para os contribuintes individuais e domésticos);
O CNPJ ou CPF do empregador;
O número do CPF do interessado para agendar Benefício Assistencial;
O número do benefício (se estiver recebendo o auxílio-doença);
Papel e caneta

• Agência da Previdência Social (APS)
O atendimento ao público no INSS conta com uma rede de mais 1.000 Agências e Unidades Avançadas de Atendimento, distribuídas por todo o território brasileiro. Elas são responsáveis pela inscrição do contribuinte, para fins de recolhimento, bem como pelo reconhecimento inicial, manutenção e revisão de direitos ao recebimento de benefícios previdenciários e ampliação do controle social.

• PREVMóvel
São mais de 70 veículos adaptados e equipados com os mesmos sistemas das Agências da Previdência Social, que oferece à comunidade todos os serviços prestados em uma agência convencional. Também presta informações e orientações à população por meio do Programa de Educação Previdenciária (PEP). As unidades móveis evitam que o usuário seja obrigado a percorrer longos e onerosos trechos de um município a outro, para requerer benefícios ou sempre que precisar resolver alguma demanda junto ao INSS.

• PREVBarco
Unidade Móvel Flutuante que leva à população ribeirinha todas as facilidades e todos os serviços disponíveis nas Agências da Previdência Social. É equipada com alta tecnologia, que permite a transmissão de dados via satélite, possibilitando assim o acesso on line aos dados do segurado e a concessão de benefícios em até meia hora. Todos os anos, entre fevereiro e dezembro, embarcações levam os serviços da Previdência Social aos segurados que habitam as margens dos rios, em localidades onde não há acesso a uma agência fixa da Previdência Social.

• Site da Previdência Social
Apresenta um conjunto de serviços e informações para rápido acesso. Entre os serviços oferecidos está a inscrição do contribuinte individual, facultativo, empregado doméstico e segurado especial, além do cálculo de contribuições, Simulação de Contagem de Tempo de Contribuição e a emissão de guias. No site o trabalhador também pode consultar sua conta individual de contribuições e fazer o cálculo do valor mensal do benefício que pretende pedir, além de simular o cálculo de contribuições.

• PREVcartas
É mais um canal para quem precisa tirar dúvidas sobre benefícios e processos relacionados a Previdência Social. O PREVCartas é formado por três equipes de servidores lotados em Brasília, todos capacitados em esclarecer,  via correio e e-mail, as dúvidas tanto de quem já utiliza a Previdência, como quem pretende usá-la no futuro. O serviço é importante, principalmente, para indivíduos que não possuem computador e não podem acessar as informações via internet.  Para ter acesso ao PREVcartas, basta enviar para os endereços abaixo:

E-mail: cartas-df@previdencia.gov.br
Correio: Esplanada dos Ministérios, bloco F, sala 918, CEP 70059-900, Brasília – DF

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: blog.previdencia.gov.br

Dia da Previdência Social: saiba mais sobre o benefício

A Previdência Social brasileira completa 90 anos nesta quinta-feira (24) e, quando o assunto é aposentadoria, a aniversariante do dia sempre aparece nas discussões: o benefício do governo será suficiente para suprir a necessidade da população, diante de um aumento na expectativa de vida do brasileiro e um maior controle de natalidade?

Cartaz-64x46cm2

Para entender melhor a questão, é preciso, primeiramente, saber que a contribuição à Previdência Social feita pelos ativos, ou seja, pelas pessoas que ainda trabalham, é que cobre os gastos com o pagamento de benefícios aos aposentados. Ou seja, quanto menor o número de trabalhadores em idade ativa, menor o número de contribuições, para um total cada vez maior de aposentados.

Conheça a previdência social
A Previdência Social é um seguro que garante a renda do contribuinte e de sua família em casos de doença, acidente, gravidez, prisão, morte e velhice.

Além disso, de acordo com informações oficiais, a Previdência Social oferece vários benefícios que, juntos, garantem tranquilidade no presente em relação ao futuro.

Para ter essa proteção, no entanto, é necessário se inscrever e contribuir todos os meses. Saiba mais sobre o assunto.

A Contribuição
Atualmente existem três alíquotas de contribuição ao INSS (8%, 9% e 11%) para segurados empregados, empregados domésticos e trabalhadores avulsos, de acordo com o salário de contribuição.

Além disso, existe uma alíquota específica, de 20%, para contribuintes individuais que trabalham por conta própria (antigo autônomo) e os segurados facultativos. Para estes segurados, no entanto, foi criada a alíquota de 11% para o contribuinte individual e facultativo, caso opte pela exclusão do direito ao benefício de aposentadoria por tempo de contribuição.

Para o contribuinte individual, o requisitos é ser contribuinte individual (autônomo) que trabalhe por conta própria (não preste serviço à empresa).

Além disso, a alíquota de 11% é válida apenas para o segurado que contribui sobre o salário mínimo. Caso o salário-de-contribuição seja superior ao salário mínimo, o percentual é de 20%.

Alternativas à Previdência Social
Para o trabalhador que não quer ficar refém da Previdência Social a dica para garantir uma aposentadoria mais tranquila é planejamento.

Pensar em formas alternativas ao benefício do governo ou em maneiras de complementá-lo, como a previdência privada, por exemplo, hoje é praticamente essencial, quando o assunto é o futuro financeiro! Fique de olho!

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.infomoney.com.br


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.189

Calendário

janeiro 2013
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 991.459 hits

%d blogueiros gostam disto: