Arquivo para setembro \30\UTC 2010

Exercícios – Um pouco significa muito.

Apenas 30 minutos de caminhada todos os dias ou períodos de exercício de 10 a 15 minutos algumas vezes ao dia, ajudam a manter o coração saudável por toda a vida. Veja os benefícios das atividades físicas:

  • Ajudam seu coração e pulmões funcionar melhor
  • Baixam a pressão arterial e o colesterol
  • Diminuem os níveis de açúcar no sangue
  • Ajudam a controlar o apetite e o peso
  • Promovem relaxamento
  • Dão mais energia
  • Melhoram o sono
  • Você se sente melhor consigo mesmo

Comece pegando escadas ao invés de elevador e descendo do ônibus antes do ponto final

Outras atividades divertidas, como esportes de praia, natação, ciclismo, dança e até atividades domésticas, também ajudam. Qualquer tipo de exercício pode te ajudar a manter a saúde do seu coração, mas os melhores são os aeróbicos, como:

  • Caminhada
  • Dança
  • Bicicleta (tradicional ou ergométrica)
  • Corrida
  • Ginástica aeróbica
  • Ginástica localizada
  • Esportes em geral
Anúncios

Andropausa?

É importante distinguir a andropausa e a crise da meia-idade. A andropausa corresponde a alterações pelas quais os homens passam na meia-idade. A crise da meia-idade, por sua vez, é resultado dos conflitos individuais causados por essas alterações.

Os principais sinais e sintomas encontrados em pacientes com níveis reduzidos de testosterona incluem:

  • menor crescimento da barba;
  • aumento na quantidade de gordura corporal;
  • perda de massa muscular e óssea;
  • fogachos;
  • irritabilidade;
  • alterações do humor;
  • dificuldade de concentração;
  • depressão;
  • fadiga;
  • aumento de volume da mama;
  • disfunção erétil.

Muitos homens passam por situações difíceis nesse período – cuidando da família ou com dificuldades profissionais, por exemplo. Eles lidam com esses problemas de maneiras diferentes. Enquanto as alterações que ocorrem na meia-idade podem ser complicadas para alguns, podem não ser relevantes para outros.

Para evitar maiores problemas, procure entender o que está acontecendo com você. Reconheça as mudanças e tente conviver com elas de forma construtiva. Apesar de ser difícil para muitos homens, perceber e discutir os problemas emocionais – mesmo quando se está bem – ajuda bastante. Em caso de necessidade, deve-se procurar ajuda profissional.

O tempo não é sempre um vilão

Pense em você com mais de 70 anos. Certamente ninguém se imagina com dores nas articulações, tremores ou problemas para andar. Mas a verdade é que a idade avançada traz consigo o risco progressivo de manifestação de doenças como a artrite, a artrose e o mal de Alzheimer. Envelhecer, entretanto, não é a senha para que essas doenças se instalem. Quem se cuida e investe na saúde tem maiores chances de evitar essas doenças ou de ter sintomas mais amenos.

OSTEOPOROSE
Um terço das mulheres desenvolverá depois da menopausa a osteoporose, doença caracterizada pelo enfraquecimento dos ossos. Agravada pela falta de estrógeno na menopausa – o hormônio feminino indispensável para a renovação óssea -, a doença fragiliza o osso e causa fraturas, principalmente, nas vértebras e nos quadris.

Segundo estatísticas, aos 60 anos, 30% das mulheres apresentam fraturas nas vértebras. O diagnóstico deve ser feito precocemente, pois a doença costuma ser descoberta só quando acontece uma fratura.

Quando fazer o exame?

Os exames para detecção precoce devem começar aos 45 anos, para medir a massa óssea, por meio da densitometria óssea.

Dicas para prevenção da osteoporose:

  • Manter uma alimentação rica em cálcio (leite e seus derivados, peixes e verduras);
  • Tomar sol (favorece a absorção da vitamina D), em horários recomendáveis, antes das 10h e depois das 16h;
  • Fazer atividade física leve, como natação e caminhada.

O poder dos peixes!

Truta – fornece a maior quantidade de selênio, que tem ação antioxidante, protegendo as células de todo o corpo.

Salmão – é a melhor fonte de cálcio, mineral que garante ossos fortes.

Postado por Edson Fabrício
Siga o blog no Twitter: @vivamelhor
Imagem: reprodução

Dia do Idoso

Cura Para o Vazio Inteior – V Vasti De Souza Viana

Deus nos ama ternamente, e quer ser nosso Amigo. Fortalecer nosso amor e amizade com Ele deve ser a máxima prioridade de cada dia da nossa vida. Essa é uma das mais fortes razões porque você e eu devemos orar.

 Ele nos ensina em Sua Palavra a maneira de nos aproximar­mos d’Ele e assim mantermos uma amizade estreita. Para isso a oração é uma das mais fortes colunas. E se desejamos que nossas orações sejam mais do que vãs repetições, ou uma mistura de pedidos desconexos, mal definidos, sem um objetivo específico, precisamos estruturar e reorganizar nossa vida de oração. É uma tarefa diária, e do que decidirmos dependerá o sucesso ou não de nossas orações. “Perseverai em oração, velando nela com ações de graças” (Colossenses 4:2).

 Vamos buscar a guia divina a fim de descobrir algo novo para tornar nossos momentos de prece os mais esperados e felizes do nosso dia. Descobriremos que na presença do Grande Rei não oramos de qualquer maneira nem pedimos bênçãos pequenas. Também descobriremos algumas coi­sas que conspiram contra as nossas orações atrapalhando sua eficácia. Ore amigo, amiga, para que Deus lhe dê vontade e determinação de renovar sua vida de oração. Este é o primeiro grande passo para encontrar a felicidade plena que trará satisfação e alegria interior curando o vazio da alma.

 Deus quer falar a você ao ler estes artigos. Ele quer abençoar-lhe mais ricamente, na medida que você utiliza as sugestões bíblicas aqui apresentadas para que suas orações sejam mais eficazes. Ele conhece o seu íntimo e os seus anseios. Coloque-se diante d’Ele e permita que Ele fale a você. Deus fará maravilhas em cada um de nós se permitirmos que Ele tenha completo acesso à nossa mente, vontades, e emoções. Pense nisso, e sinta-se livre para incluir este tema nas conversas com sua família ou amigos.

Tenho apresentado em cada artigo uma ou mais referências bíblicas, e convido a você que abra sua Bíblia e leia os textos para conferir. Convide o Espírito Santo para que lhe mostre em cada texto algo novo para alimentar sua alma. Esteja disponível para as mudanças perfeitas que Ele deseja fazer em você. Não tenha medo de abrir-se a Deus. Em primeiro lugar porque Ele não força, nem pressiona. Ele diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa…” Apocalipse 3: 20.  Em segundo lugar porque “o per­feito amor lança fora o temor”. I João 4:18.

 Vamos considerar nos artigos seguintes algumas sugestões para reorganizar e enriquecer nossas preces para que sejam mais eficazes e fortaleçam nossa amizade com Deus. Desta maneira encontraremos o caminho para a cura do vazio interior e a satisfação plena da alma.

 Vasti  De Souza Viana  – autora do livro – Cura para o Vazio da Alma
vasti@viana.ws

Hormônios

Os hormônios são substâncias produzidas pelo organismo para regular a atividade de órgãos vitais. Tendo em vista que os níveis de hormônios diminuem com a idade, alguns pesquisadores especulam que eles desempenham importante papel sobre o processo de envelhecimento. De acordo com os defensores dos produtos hormonais, é possível retroceder o relógio do organismo com a reposição hormonal. Os suplementos encontrados incluem:

o DHEA. A deidroepiandrosterona (DHEA) é convertida pelo nosso organismo em hormônios sexuais (estrógeno e testosterona). É encontrada em maiores quantidades no organismo por volta dos 25 anos de idade. Após essa fase, a produção diminui. Há estudos que relatam que a DHEA é capaz de evitar o envelhecimento, aumentar a força muscular e a massa óssea, queimar gorduras, melhorar a cognição, reforçar o sistema imunológico e proteger contra muitas doenças crônicas.

o Testosterona. A redução nos níveis do hormônio sexual masculino vem sendo associada com queixas comuns do envelhecimento, como a diminuição da energia e do desejo sexual. Os entusiastas afirmam que, aumentando os níveis de testosterona através do uso de medicamentos – geralmente além dos valores normalmente encontrados –, é possível aumentar a energia, a sensação de bem-estar e o desejo sexual. Esses benefícios ainda não foram comprovados. Em doses elevadas, a testosterona pode provocar problemas de próstata, elevação do colesterol e infertilidade.

o Melatonina. Trata-se de um hormônio produzido pelo cérebro que ajuda a regular o sono. Parece promissora no tratamento da insônia e na mudança de fusos horários (jet lag). No entanto, ainda não foi comprovado que a melatonina, outro substância antioxidante, possa diminuir ou reverter o envelhecimento, combater o câncer ou melhorar a vida sexual. Os suplementos encontrados contém quantidades muitas vezes maiores que aquela encontrada no organismo. Quando tomados de forma inadequada, podem interferir com os ciclos de sono.

o Hormônio do crescimento humano (HGH). A produção desse hormônio, responsável pelo estirão do crescimento em crianças, diminui após a adolescência. Os seus defensores alegam que injeções de HGH, vendidas sob prescrição médica, queimam gorduras, aumentam a massa muscular e a energia do organismo. Alguns estudos sugerem alguns benefícios na utilização do HGH. Entretanto, poucos pacientes foram estudados e a maioria dos médicos acreditam ser muito cedo para tirar conclusões definitivas. Os possíveis efeitos colaterais incluem a retenção de líquidos, dor articular, diabetes, hipertensão arterial e pólipos do cólon.

o Terapia de reposição hormonal. Para as mulheres, a terapia de reposição de estrógeno mostrou-se importante na manutenção de ossos fortes, além de restaurar a lubrificação vaginal e a elasticidade da pele. Também pode ajudar a manter a capacidade mental com o passar dos anos. No entanto, os dados também apontam para a possibilidade de câncer de mama e coágulos sangüíneos. Enquanto alguns estudos mostram uma redução no risco de doenças cardíacas, outros apontam para um risco ainda mais elevado.

O que fazer com o ganho de peso na meia-idade

Agora que você passou dos 40, deve ter notado que não é tão fácil perder aquele peso antes do verão. Na verdade, você parece ganhar peso com facilidade, apesar de ter uma dieta mais saudável. Você não se alimenta como os mais jovens — nada de bobagens ou frituras — e come menos. Então, por que sua cintura não pára de aumentar, e por que o seu corpo parece tão flácido?

A dura verdade

À medida em que envelhecemos, nosso metabolismo desacelera. Já por volta dos 20 anos de idade, nós perdemos cerca de 200 gramas de músculo a cada ano. Os músculos são tecidos bastante ativos, requerendo 8 vezes mais calorias do que o tecido gorduroso, mesmo durante o repouso. Menor massa muscular significa uma menor taxa de metabolismo. Estudos mostram que um adulto perde aproximadamente 200 gramas de músculo por ano, e ganha cerca de 600 gramas de gordura. Isso representa uma perda de 1kg de músculo e o acúmulo de 3kg de gordura por década!

Mesmo que você não mude a sua alimentação, ganhará peso pelo fato de a sua ingestão calórica ultrapassar o gasto de energia do seu organismo. E essas calorias extras são armazenadas sob a forma de gordura na porção central e superior do corpo. O ganho de peso nessa região está relacionado a um maior risco de doenças cardíacas, diabetes e hipertensão.

A dieta e outros fatores contribuem para o ganho de peso

Quando você perde muito peso rapidamente, perde tecido muscular e gordura. Esse é o preço a pagar por esse tipo de dieta. A princípio, você pode parecer melhor, mas se não praticar exercícios regularmente perderá massa muscular e diminuirá seu metabolismo. Essa é uma das razões pelas quais você volta a engordar. O resultado é a perda muscular e um eventual ganho de peso.

Alguns outros detalhes também podem reduzir a massa muscular. As mulheres que não realizam exercícios físicos durante a gravidez podem ter seu tecido muscular reduzido, além do aumento de gordura na preparação para o parto e a amamentação. Se você não perder todo o peso ganho durante a gestação e tiver mais filhos, a sua relação corporal entre gordura e músculo piora. Para os homens, trabalhos sedentários, menos tempo para o esporte e uma alimentação inadequada contribuem para reduzir a massa muscular.

Para as mulheres peri-menopausa, as alterações hormonais associadas ao envelhecimento podem tornar as coisas mais difíceis. Com a diminuição da produção ovariana de estrógeno, as células gordurosas do abdome passam a se multiplicar para se tornarem uma fonte suplementar de estrógeno. A sua necessidade calórica se reduz em 400 calorias, e a deposição de gordura na região da cintura é mais comum. Há também o fato de que as células gordurosas femininas são muito eficazes no armazenamento de gordura, mas devagar na sua liberação.

Você pode lutar contra isso?
Não sacrifique mais a sua massa muscular — trabalhe seus músculos ou você irá perdê-los. O treinamento de força é a saída mais eficaz para aumentar o metabolismo.

Um estudo realizado nos EUA avaliou os efeitos de diferentes tipos de exercício sobre a composição do organismo. 72 homens e mulheres foram submetidos a uma mesma dieta e divididos em dois grupos. Um realizava 30 minutos de exercícios aeróbicos 3 vezes por semana, enquanto o outro dividia o mesmo intervalo em exercícios de força e aeróbicos. Após 8 semanas, o grupo de exercícios aeróbicos perdeu cerca de 600 gramas de gordura e 100 gramas de músculo, enquanto o grupo com exercícios combinados perdeu 2 quilos de gordura e ganhou 400 gramas de músculo.

Os exercícios aeróbicos melhoram a condição cardiovascular e queimam calorias, mas aumentam o metabolismo apenas um pouco. A musculação protege você da perda muscular, ao mesmo tempo em que promove a perda de calorias. Isoladamente, a longo prazo, as dietas não funcionam.

Miriam Nelson, em seu livro “Strong Women Stay Young“, trabalhou com mulheres que tinham por volta dos 60 e 70 anos de idade, e mostrou que a musculação pode substituir gordura por músculo, reverter a perda óssea, melhorar a energia e o equilíbrio, e controlar o peso.

Na sua idade, o bom senso é a melhor estratégia contra o ganho de peso.

  • Faça musculação para perder peso — ela não somente queima a gordura, como também melhora a sua aparência.
  • Faça uma dieta sensata, perdendo peso gradualmente — cerca de 400 gramas por semana.
  • Tentar eliminar muitas calorias pode ser negativo; você colocará seus músculos em risco, obtendo menos nutrientes, e a privação poderá levá-lo ao desespero.
  • Na sua dieta, limite a gordura a aproximadamente 20 a 30% das calorias, comendo uma quantidade adequada de proteínas para permitir o aumento muscular (em torno de 10 a 20% das calorias).
  • Coma 50 a 60% das calorias a partir de carboidratos para seu organismo produzir glicogênio (estoque de glicose), usada para a produção de energia durante o exercício.

Resista à tentação de aderir às dietas milagrosas, deixe de lado os chocolates e doces, e comece a se exercitar!

Recomendações para limitar a quantidade de calorias:

  • Não coma carne mais de uma vez por dia. No lugar de carne vermelha ou carnes processadas, prefira peixe e aves.
  • Evite frituras, pois os alimentos absorvem as gorduras e aumentam a sua ingestão diária. Dê preferência aos assados e grelhados. No caso de comidas fritas, use óleos poliinsaturados (como o óleo de milho, girassol e canola).
  • Diminua a quantidade de sal, tanto o sal comum como o contido em outros temperos (por exemplo, o glutamato monossódico).
  • É importante incluir fibras na sua dieta. Elas são encontradas em folhas vegetais, frutas, feijão, flocos de trigo, nozes, raízes e alimentos integrais.
  • Não coma mais que 4 ovos por semana. Apesar de serem uma boa fonte de proteínas, pobres em gorduras saturadas, são muito ricos em colesterol e devem ser evitados.
  • Em vez de biscoitos, bolos e pudins, escolha frutas frescas como sobremesa.
  • Tudo em excesso tem suas desvantagens, sejam calorias ou um tipo particular de comida. Uma dieta balanceada, com variedade e criatividade, suprirá bem as suas necessidades.

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.287 outros seguidores

Calendário

setembro 2010
S T Q Q S S D
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 821,914 hits

Top 5


%d blogueiros gostam disto: