Arquivo para 22 de novembro de 2011

Câncer de laringe, acomete cinco homens para cada mulher.

O câncer de laringe, que acomete o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atinge cinco homens para cada mulher. A maioria (90%) dos pacientes fuma ou já fumou, e a bebida alcoólica ajuda a agravar ainda mais o quadro.

Os dois juntos aumentam as chances em 40 vezes, pois reduzem a proteção natural da mucosa e causam uma multiplicação celular desordenada na região.

Por ano no Brasil, são diagnosticadas 10 mil pessoas com câncer de laringe – cuja função é carregar o ar da respiração até o pulmão, produzir a voz e impedir que os alimentos entrem nas vias respiratórias. Na região metropolitana de São Paulo, a incidência desse tipo de tumor é de 16 casos para cada 100 mil habitantes, quase três vezes maior que a média mundial (de 6 a 7 casos por 100 mil pessoas). Tudo isso por causa da poluição e do tempo seco.

Caroço no pescoço, falta de ar, dor para engolir e rouquidão persistente são os principais sintomas desse tipo de câncer, que representa 25% dos tumores que atingem a cabeça e o pescoço e 2% de todos os existentes.

A maior incidência é entre homens de 50 a 60 anos. Além do cigarro e do álcool, o uso excessivo da voz e o vírus do papiloma humano (HPV) são fatores de risco.

Na tentativa de reduzir as chances de problemas na laringe em geral, os médicos indicam deixar uma toalha molhada ou uma bacia com água no quarto. Além disso, é sempre bom ter à mão inaladores, desses de farmácia, que podem ajudar a lubrificar a região.

Para quem fuma qualquer tipo de tabaco – hábito mantido por um terço da população adulta –, o risco de câncer de laringe é 5 vezes maior. E as chances aumentam entre 8 e 11 vezes para indivíduos que fumam cigarro industrializado, de palha ou cachimbo. O ex-presidente Lula parou de fumar recentemente, mas manteve esse vício por décadas.

O cigarro contém cerca de 5 mil substâncias químicas, das quais mais de 40 são cancerígenas. O contato repetido do tabaco agride as células e, mesmo se a pessoa não fuma, é preciso ficar atento: basta respirar continuamente a fumaça dos derivados do tabaco para que sejam apresentados sintomas de irritação nasal, oculares e de garganta. Além disso, os fumantes passivos apresentam risco de desenvolver as mesmas doenças que os ativos, como câncer e problemas cardiovasculares.

Rouquidão
A rouquidão é um sinal de alerta para o câncer de laringe, mas no caso de Lula essa é uma característica natural dele, então é difícil saber se já era um sintoma.

Recomenda-se investigar qualquer rouquidão que dure acima de 15 dias após os 50 anos de idade. Em casos de inflamação que estão sendo tratada, a rouquidão costuma desaparecer antes desse período.

Exames simples, como laringoscopia (endoscopia da laringe, disponível no Sistema Único de Saúde), podem ajudar a detectar problemas.

A rouquidão também está associada com doenças como sinusite, gripe e uso excessivo da voz. O tipo mais problemático aparece do nada e não vai embora com o tratamento, por isso deve ser investigado.

Muita gente associa rouquidão (principalmente em homens) com charme e sensualidade, mas essa característica não é sinal de boa saúde.

Chances de cura 
Tumor em estágio inicial – acima de 90%
Tumor em estágio médio – de 40% a 70%
Tumor em estágio avançado – abaixo de 20%

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.143

Calendário

novembro 2011
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 1.014.684 hits

%d blogueiros gostam disto: