Posts Tagged 'fat'

Gorduras? Descubra o que são e quais os tipos!

Gorduras são a maior fonte de energia para o nosso corpo. Embora sejam necessárias, a ingestão de gorduras em excesso leva a problemas de coração, porque aumenta os níveis de colesterol no sangue. Há três tipos básicos de gordura (ou ácido graxo): monoinsaturadas, poliinsaturadas e saturadas. Todos os óleos e gorduras contêm uma mistura desigual desses três tipos. Já as gorduras animais, além dos ácidos graxos, contêm também colesterol alimentar.

Quais são as gorduras prejudiciais?

As gorduras saturadas causam danos ao organismo. São aquelas que se solidificam quando os pratos esfriam, como manteiga, banha, gordura de porco e carnes vermelhas gordas (rabo e costela, por exemplo). Esse tipo de gordura provoca o aumento da taxa de colesterol.

Gorduras Monoinsaturadas

Derivadas de vegetais, são líquidas em temperatura ambiente e podem reduzir o colesterol no sangue quando substituem as gorduras saturadas. As gorduras monoinsaturadas mais comuns são o óleo de canola, o azeite de oliva e o óleo de amendoim. O óleo de girassol, que possui um teor muito baixo de gordura saturada, contém praticamente a mesma quantidade de ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados.

Gorduras Poliinsaturadas

Essas gorduras provêm dos óleos vegetais. Geralmente são líquidas em temperatura ambiente. Não devem ultrapassar os 10% das calorias ingeridas diariamente. As mais comuns são o óleo de girassol, o óleo de milho, o óleo de gergilim, o óleo de soja, o óleo de algodão, margarinas em tablete que têm no óleo seu principal componente. A maior parte das maioneses e temperos líquidos de salada é classificada como gordura poliinsaturada.

Gorduras Saturadas

Contribuem para o aumento do nível de colesterol no sangue, mesmo quando são obtidas de fontes vegetais. O consumo de gorduras não deve ultrapassar 10% das calorias diárias. Um exemplo de gordura saturada é a gordura vegetal hidrogenada.

Hidrogenada significa que parte da gordura poliinsaturada foi transformada em gordura saturada para manter-se sólida em temperatura ambiente. São encontradas em gorduras animais, como carne vermelha, aves, laticínios, manteiga de cacau (encontrada no chocolate) e os óleos de coco, babaçu e dendê.

Cuidado com a gordura Trans!

Encontrada em vários alimentos que fazem dar água na boca à muita gente – como fast foods, bolachas e sorvetes – a gordura trans está entre os principais inimigos à saúde, isso porque, assim como a gordura saturada, ela também aumenta os níveis de colesterol ruim no sangue e é suspeita de diminuir o bom colesterol, deixando as artérias em uma situação bastante perigosa.

Vários estudos demonstram que suas moléculas deixam o organismo mais vulnerável a inflamações. O poder maléfico atinge também a membrana das células, cuja função é protegê-las da invasão de substâncias tóxicas e microorganismos nocivos.

A gordura trans é muito utilizada para a preparação de alimentos nas redes de fast foods porque, além de ser mais durável, tem uma estrutura que conserva melhor os alimentos e o deixa mais atraente. É por isso que a batata frita fica sempre mais dourada e parece mais crocante do que a feita em casa.

Colesterol Alimentar

Muitos alimentos (carne de boi, de porco ou de carneiro com gordura, cremes e sorvetes, salame, a maioria dos queijos, entre outros) e gorduras derivadas de fontes animais (banha, toicinho, manteiga, gordura de carne bovina, de frango, de bacon, por exemplo) contêm tanto a gordura saturada quanto o colesterol alimentar. Outros alimentos, como gema de ovo, marisco e miúdos, contêm pouca gordura, mas possuem alta taxa de colesterol.

Mude o cardápio diário

•  consuma, no máximo, 2 gemas de ovo por semana;

•  consuma carnes vermelhas como complementos de outros alimentos e não como “prato principal”;

•  dê preferência às carnes brancas magras, aves (sem pele) e peixes: consuma no mínimo, 3 a 4 vezes por semana; consuma mais feijões, lentilha, ervilha, grão-de-bico, frutas, verduras, legumes e cereais integrais, pois são importantes fontes de fibras alimentares;

•  use pouco óleo no preparo de alimentos; prefira grelhados, assados, ensopados em vez de frituras;

•  faça, pelo menos, 3 refeições por dia, não esquecendo de consumir leite ou iogurte desnatados.

•  se comer fora de casa, não deixe de obedecer a sua dieta.

Postado por Edson Fabrício
Siga o VMO no twitter: @vivamelhor
Imagem: reprodução

Anúncios

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.291 outros seguidores

Calendário

outubro 2018
S T Q Q S S D
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 934.250 hits

Top 5

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: