Arquivo para 7 de junho de 2017

Doenças de Inverno

PIxabay remédios thermometer-1539191_1920

A queda de temperatura, o ar mais seco e a maior concentração de pessoas em ambientes fechados favorecem a circulação de diversos tipos de vírus respiratórios, como os vírus Influenza, causadores da gripe.

No Brasil, os casos de gripe aumentam entre os meses de maio e outubro, variando de acordo com a região:

  • Norte / Nordeste: o número de casos aumenta entre abril e junho, meses mais chuvosos.
  • Sul / Sudeste: o número de casos aumenta entre junho e outubro, meses mais frios.

Influenza = Gripe

Infecção viral febril, aguda, altamente transmissível, que afeta o sistema respiratório. A infecção geralmente dura 1 semana e com os sintomas sistêmicos persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.

Sintomas Típicos

  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Tosse
  • Dor de garganta
  • Fadiga

Nos casos mais graves:

  • Dificuldade respiratória

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, boca, olhos e nariz.

Resfriado X Gripe

Embora parecidos, os sintomas do resfriado são mais brandos e duram menos tempo: entre 2 a 4 dias. Os sintomas são: tosse, congestão nasal, coriza, dor no corpo e na garganta. A febre é menos comum e, quando ocorre, é baixa (até 37 graus).

Rinite Alérgica X Gripe

Os principais sintomas são espirros, coriza, congestão nasal e irritação na garganta. A rinite alérgica não é uma doença transmissível e sim crônica, provocada pelo contato com agentes alérgenos (substâncias que causam alergia), como poeira, pelos de animais, poluição, mofo e alguns alimentos.

A Influenza

A influenza causa 3 a 5 milhões de casos graves e até 500.000 mortes, todos os anos, no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Medidas de Prevenção

  • Lavar as mãos com água e sabão, principalmente, antes de consumir algum alimento, tocar os olhos, o nariz, a boca e após tossir, espirrar e/ou usar o banheiro;
  • Cobrir a boca ao tossir ou espirrar;
  • Na falta de lenço, usar o ombro o antebraço interno como barreira ao tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar alimentos, copos, garrafas, toalhas e objetos de uso pessoal;
  • Manter os ambiente ventilados, com portas e janelas abertas, para favorecer a circulação de ar;
  • Evitar ambientes fechados e aglomerados;
  • Evitar contato direto com pessoas gripadas;
  • Não se automedique;
  • Beba líquidos;
  • Adote desde já: hábitos e alimentação saudáveis;
  • Vacine-se contra a Gripe.

Sobre a Vacina Contra Gripe:

Objetivo da vacina:

  • Evitar as formas graves da gripe;
  • Evitar complicações da gripe;
  • Reduzir óbitos e internações causadas pela gripe.

Observação: A gripe pode ocorrer mesmo após a vacina, porém, amenizada.

Vacinação Gratuita em Postos de Saúde para os Grupos de Risco abaixo listados:

  • crianças de 6 meses a menores de 5 anos,
  • gestantes,
  • puérperas (até 45 dias após o parto),
  • indígenas,
  • portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais,
  • adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas,
  • população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional,
  • professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas,
  • profissionais de saúde,
  • para quem tiver prescrição médica.

A Vacina e os Tipos de Influenza

De acordo com a Anvisa, a vacina de 2017 disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é a trivalente, que conterá os seguintes vírus:

– Influenza A (H1N1), subtipo Michigan/45/2015

– Influenza A (H3N2), subtipo Hong Kong/4801/2014

– Influenza B, subtipo Brisbane/60/2008

Já a vacina tetravalente, disponível apenas na rede privada, conterá, além dos outros três, o vírus da Influenza B, subtipo Phuket/3073/2013, com circulação mais reduzida entre humanos.

Ao surgirem sintomas de gripe, resfriado ou rinite, o Ministério da Saúde recomenda que as pessoas procurem o serviço de saúde mais próximo e não tomem medicamentos por conta própria, como os antigripais, pois podem mascarar um quadro mais grave e dificultar o diagnóstico.

 

Fontes:

https://sbpt.org.br/video-aula/imunizacao-para-prevencao-de-doencas-respiratorias/

http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/recife-abre-campanha-de-vacinacao-contra-a-gripe-nesta-segunda-feira.ghtml

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2017/05/12/interna_vidaurbana,703468/sabado-e-o-dia-d-de-vacinacao-contra-a-influenza.shtml

http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/cidades/veja-quais-sao-e-como-proteger-as-criancas-das-doencas-de-outono-e-inverno/?cHash=2ff887f92fd4ec53983a37e2fd307fd3

http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/profissional-e-gestor/vigilancia/links-vigilancia?start=430

http://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/vacina-da-gripe-de-2017-tera-novo-virus-h1n1-entenda-o-que-muda/

Anúncios

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.287 outros seguidores

Calendário

junho 2017
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 821,687 hits

Top 5


%d blogueiros gostam disto: