Posts Tagged 'Saude Ativa'

SulAmérica divulga estudo que traçou o perfil da saúde de segurados em diversos ramos de atividade

plato

Recentemente, a SulAmérica divulgou um estudo que apresenta os hábitos relacionados a saúde de seus segurados. Trata-se do IV Estudo Saúde Ativa – Ramos de Atividade Econômica, que analisou mais de 40 mil segurados de 240 empresas, em 10 capitais brasileiras, e considerou algumas variáveis como estresse, sedentarismo, consumo de álcool e tabagismo. Os resultados da pesquisa estão divididos pela área de atuação do profissional, como transporte, comércio, comunicação, atividades financeiras e administrativas.

O destaque positivo ficou para Indústria da Transformação, que não apresentou índices alarmantes em nenhuma das avaliações. Esse fator mostra a evolução das empresas do setor em promover segurança e conscientização ao funcionário no ambiente de trabalho, diferente de duas décadas atrás, quando a atividade apresentava índices elevados de acidentes.

Por outro lado, a área de Transportes aparece na pior colocação do estudo, com posições negativas em oito indicadores, sendo o colesterol alto o fator mais agravante, constatado em 15% dos perfis analisados. Na área da Saúde, a preocupação dos profissionais em relação aos cuidados preventivos é a mais baixa em comparação com as demais áreas analisadas.

Já os índices de sedentarismo alcançaram elevadas taxas em todos os Ramos de Atividade Econômica, entre 54,6% a 69,5%, o que indica que mais de 50% da população pesquisada não pratica exercícios ou o faz eventualmente, estatística 20% superior ao dado mundial. As incidências de sobrepeso e obesidade também estão muito presentes na vida dos segurados participantes, em especial na daqueles que seguem as carreiras de Transportes e Outros Serviços, com variação entre 50,3% e 63,7%, acima do percentual de 51 pontos estimado, no ano passado, pelo Ministério da Saúde.

O boletim SulAmérica Saúde News conversou com o superintendente de Serviços Médicos da companhia, Gentil Alves, para saber mais sobre a pesquisa.

SulAmérica Saúde NewsQual a importância da SulAmérica realizar esse tipo de estudo?

Gentil Alves – Partimos do princípio de que é preciso conhecer o estilo de vida do segurado em sua totalidade bem como seu histórico familiar, para auxiliá-lo a melhorar seus hábitos de saúde. Para isso, coletamos dados e mapeamos os riscos, o que é feito por meio do preenchimento de questionários e exames clínicos.

SulAmérica Saúde News – Como os segurados se beneficiam quando a SulAmérica faz esse tipo de análise?

Gentil Alves – Além de divulgar informações relevantes e precisas sobre o estado de saúde e bem-estar de nossos segurados, os resultados ainda nos permitem pensar em ações direcionadas a cada segmento estudado, permitindo o desenho de novos programas de Gestão de Saúde e o aprimoramento dos hoje existentes. Entendemos que nosso papel vai muito além de arcar com as despesas médicas. Temos que olhar atentamente para a prevenção de doenças e promoção do bem-estar. Para isso trabalhamos desde 2002 com o programa Saúde Ativa, cujo principal objetivo é estimular hábitos de vida mais saudáveis e, consequentemente, prevenir doenças e suas complicações.

Fonte: http://portal.sulamericaseguros.com.br

Anúncios

Corpo em forma: benefícios com a corrida

Corpo em forma: benefícios com a corrida

Coração: ajuda a fortalecer e melhora a sua eficiência. Ganha capacidade para bombear mais sangue com menos batidas

Circulação: o sangue circula mais pelo corpo, aumentando a entrada de oxigênio nos tecidos, o que otimiza a função dos órgãos

Sono: ajuda a pessoa a dormir melhor; segundo especialistas, não existe calmante melhor do que um corpo cansado

Peso: uma pessoa de 70 kg queima cerca de 450 calorias a cada uma hora de atividade.

Ossos: estimula a formação de massa óssea, ajudando a prevenir doenças como a osteoporose.

Pressão: promove maior elasticidade dos vasos sanguíneos, o que ajuda a manter a pressão baixa; ideal para hipertensos.

Pulmão: a função é maximizada, principalmente na porção superior do órgão -um dos principais focos de infecção respiratória. Corredores correm menos risco de contrair tal tipo de infecção.

Glicemia: as taxas de glicose caem, e as células se tornam mais sensíveis à insulina, o que reduz os níveis de açúcar no sangue e ajuda portadores de diabetes.

Colesterol: os níveis de LDL (colesterol “ruim”) diminuem.

Estresse: o hormônio cortisol, liberado quando a pessoa está estressada, é queimado durante a corrida.

Cérebro: aumenta os níveis de serotonina, neurotransmissor associado à depressão.

Humor: após o exercício, o corpo libera endorfina, substância que provoca euforia passageira.

Músculos: a corrida queima a gordura dos tecidos musculares, deixando-os mais fortes e “enxutos”.

Rins: o aumento da circulação melhora a função do rim, que filtra o sangue e reduz o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo.

Cartilagem: pessoas que correm têm a cartilagem das articulações mais espessa, o que protege melhor a região.

Equipe Bem Star

 http://www.sulamerica.com.br/saudeativa/


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.291 outros seguidores

Calendário

novembro 2018
S T Q Q S S D
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 939.009 hits

Top 5

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: