Arquivo para 2 de janeiro de 2015

Exagerou no Fim de Ano? Veja dicas para desintoxicar

Depois de abusar na ceia natalina, é normal sentir inchaço, dores de cabeça e sintomas de má digestão. Para aliviar essa sensação de mal estar, a desintoxicação é uma aliada para limpar o organismo e deixá-lo “pronto” para a festa de Ano-Novo.

festa_da_empresa_festa_da_confraternizacao_final_de_ano_650x350

“Quando a pessoa segue uma alimentação desregrada, ela está exposta a muitas toxinas prejudiciais ao fígado, ao rim e ao intestino. A detox serve como uma faxina no organismo, pois ajuda a melhorar o funcionamento dos órgãos”, orienta Elaine Fontes, do Spa Loongevity by Sisley.

Veja dicas para se desintoxicar depois da comilança de fim de ano:
Não consuma alimentos industrializados
Um dos segredos para desintoxicar é simples: retirar todos os alimentos industrializados e com corante da dieta. “Tudo que é artificial sobrecarrega o fígado”, diz a nutricionista especializada em nutrição funcional, Luciana Harfenist. “O fígado é o órgão responsável por eliminar essas substâncias artificiais que o corpo não consegue metabolizar, então cuidado com ele”

 

Beba mais de 2 litros de água

Ainda que os sucos e os chás sejam as bebidas favoritas de quem quer desintoxicar, a água não deve ser deixada de lado. A recomendação da nutricionista Elaine Fontes, do Spa Loongevity by Sisley, é ingerir até 2,5 litros por dia. “A água purifica o organismo. Para melhorar o funcionamento do corpo, é preciso beber água e se alimentar direito”, diz

 

Aumente o consumo de fibras

Além de eliminar as toxinas do organismo, a desintoxicação também tem como objetivo melhorar o trânsito intestinal, a digestão e assimilação dos nutrientes. “A má digestão costuma ser resultado de intolerâncias a certos alimentos, ou por eles chegarem intactos ao intestino ou por produzirem bactérias que interferem na digestão”, diz a nutricionista funcional Luciana Harfenist

 

Corte o açúcar

O açúcar também é “persona non grata” para quem tem o intuito de desintoxicar o corpo depois do Natal e do Ano Novo. A dica é priorizar outros alimentos com propriedades detox, como pimentão vermelho, repolho, aspargos, tomate, cebola, pimenta vermelha, iogurte, uvas vermelhas, alho, limão, abacaxi, cenoura, gergelim, salsa e folhas verdes.

 

Aposte em sucos e chás

Chás e sucos são termogênicos importantes. “Os chás são diuréticos e ajudam a drenar; alguns ativam o metabolismo, como o verde, o de gengibre e de hibisco”, afirma a nutricionista Luciana Harfenist. Os sucos devem ser preparados em centrífugas, e não no liquidificador, para preservar as propriedades das frutas. Para potencializar o detox, a nutricionista indica o abacaxi, a melancia e a couve

 

Inclua orgânicos no cardápio

Para limpar o organismo, escolha preferencialmente alimentos orgânicos, pois são isentos de insumos artificiais e hormônios. “O indicado é comer carne de gado alimentado com produção orgânica”, diz a nutricionista Luciana Harfenist. Sempre que possível, prefira peixes menores. “Atum ou salmão são mais propícios à contaminação por metais pesados que podem estar na água e não fazem bem à saúde”, diz

 

Corte as bebidas alcóolicas

Como o objetivo de desintoxicar é fazer uma faxina no organismo, é preciso cortar todo tipo de bebida alcóolica para melhorar o funcionamento do fígado, órgão responsável por metabolizar a gordura e o álcool

 

Pratique algum exercício

Para potencializar os efeitos detox e acelerar o metabolismo, o diretor técnico da Bio Ritmo, Saturno de Souza, indica alguma atividade física prazerosa. E alerta: cuidado para não se exercitar demais, pois sempre há o risco de sofrer lesões. “Caso a pessoa seja sedentária, 20 minutos de caminhada já vão garantir ganhos cardiovasculares”, diz

 

Busque orientação profissional

Poucos sabem, mas para realizar uma dieta detox eficaz, é preciso ter orientação nutricional. “Todo mundo pode ingerir alimentos com propriedades desintoxicantes, mas para fazer uma desintoxicação apropriada é preciso passar por exames e avaliações bioquímicas, para detectar alergias e intolerâncias e fazer as suplementações necessárias”, afirma a nutricionista funcional Luciana Harfenist.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://noticias.uol.com.br/

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.189

Calendário

janeiro 2015
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 989.253 hits

%d blogueiros gostam disto: