Atividade Física para o Corpo e a Mente

Ontem , 1º de setembro foi o Dia do Profissional de Educação Física, para lembrar a data vamos falar sobre a importância da atividade física. A atividade física ideal é aquela que dá prazer e respeita as restrições de cada um. Em todos os casos, o acompanhamento profissionais é imprescindível.

home-atividade-fisica-oncologia
O corpo não foi feito para ficar parado. Entretanto, a vida moderna o transformou em ferramenta das obrigações diárias. E é aí que entra a atividade física, como opção lúdica e eficiente de movimentar o corpo.

O geriatra João Macedo explica que, de uma maneira geral, a atividade física beneficia todos os grupos etários. “E aquele que mais extrai benefício é justamente o dos idosos. E nunca é tarde para começar”. E o início deve levar em conta o prazer que a pessoa terá com esse exercício.

Segundo o geriatra João Bastos Freire, a partir dos 30 anos, a pessoa passa a perder massa muscular. “Se você perde músculo, você está perdendo força”, alerta. Por isso, ele comenta que as melhores atividades são aquelas de resistência ou contra resistência, do tipo musculação.

E foi essa atividade, atrelada a caminhada, que Socorro Catunda, que afirma ter mais de 60 e menos de 65, escolheu. Mesmo morando próximo a uma praça, Socorro prefere ir até a Beira Mar antes das 6 horas para caminhar. Ela comenta que até tem preguiça, mas se sente muito bem após as atividades físicas, que evitam doenças e ainda a fazem conhecer pessoas ótimas.

Segundo o geriatra e professor da UFC, João Macedo, a não recomendação de uma determinada atividade para os idosos está relacionada à situação da saúde de cada pessoa e não pelo fator idade. Por isso, a importância de ser acompanhado por um médico.

Hidroginástica
Nas piscinas das academias cidade afora, seja no início ou fim do dia, elas são maioria. São as pessoas com mais de 60 anos que tomam conta das aulas de hidroginástica e transformam a piscina em local de convivência, alegria e exercício físico.

Luis Camilo Sobrinho despista a idade e dá uma dica não muito certeira: “Tenho mais de 60 e menos de 80 anos”. Se a exatidão da idade falha, ao falar do tempo que faz hidroginástica não vacila, afinal são 18 anos de atividade.

O funcionário público aposentado iniciou o exercício por indicação de um amigo e não parou mais. Atualmente, vai até cinco vezes por semana, mas não é só o exercício que o fidelizou, mas também o ambiente da academia. Um combo que beneficia a saúde física, mental e social. “Eu estou muito habituado aqui. Chego mais cedo, me divirto demais”, comentou enquanto esperava o início da aula.

O educador físico Sandro Teixeira é o professor das aulas animadas de Luiz Camilo. Segundo ele, atualmente, as pessoas de 60 anos são os jovens, pois alunos de 70, 80 e até 90 anos já são comuns, quadro que se inverteu desde que começou a dar aulas há 20 anos. “Eles vem muito em busca da socialização, pois muitos moram sozinhos. Estão em busca de um grupo e ainda contam com os benefícios do exercício”, comentou Sandro. Ele indica que mesmo aqueles que não tinham hábito de praticar atividades, conseguem resultados satisfatórios, desde que o exercício seja feito com regularidade. (Samaísa dos Anjos)

Saiba mais

Qualquer atividade física deve ser acompanhada por profissionais qualificados.

Os profissionais da saúde e da educação física apontam que os exercícios não possuem contraindicações para as pessoas da terceira idade.

Entretanto, cada um deve realizar atividades que respeitem as restrições do próprio corpo, assim como desenvolver exercícios que auxiliem os pontos da saúde que estão mais frágeis.

Segundo o geriatra João Macedo, “o idoso que tem uma diminuição da força muscular tem maior risco de se internar e, até de morte. É tanto que a gente diz que a força muscular proximal é um sinal vital para o idoso”.

Fique de olho! 

Caminhada 
Apesar de ser uma atividade genérica, algumas pessoas devem evitar a caminhada. Aquelas que tem artrose nos joelhos ou quadris, por exemplo, são mais indicadas a realizar exercícios em água.

Hidroginástica
É um exercícios de baixo impacto, por isso é muito procurado por idosos com restrições médicas. Segundo o professor Sandro Teixeira, os 50 minutos de aula englobam a parte aeróbica e exercícios localizados, trabalhando o corpo todo ao fim da semana.

Treinamento funcional
Segundo o professor Flávio Soares, os circuitos do TF são compostos por exercícios que preparam para situações reais do dia-a-dia, potencializando as funcionalidades do corpo, como agilidade, equilíbrio (estático e dinâmico) e força. Flávio também indicou que muitos exercícios são desafiantes, por isso as pessoas se sentem estimuladas.

Musculação
Estudos indicam que essa atividade melhora a estabilidade postural e a força muscular. Fortalecer a musculatura é uma forma de prevenir as quedas, constantes na vida de muitos idosos e garantir sua autonomia.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site:  http://opovo.com.br

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

Anúncios

0 Responses to “Atividade Física para o Corpo e a Mente”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.287 outros seguidores

Calendário

setembro 2013
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 791,132 hits

Top 5


%d blogueiros gostam disto: