Cuidados com pacientes com Dengue e Febre Chikungunya

As ações contra a dengue e a febre chikungunya são fundamentais para evitar casos das doenças, principalmente em crianças e idosos, faixas etárias em que o corpo encontra-se mais vulnerável. Nos últimos dez anos foram notificados 82.039 casos graves e 2.931 óbitos, o que representa um aumento de 705% e 974%, respectivamente, se comparado com a década anterior. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado das doenças com prescrição de líquidos para hidratar o paciente são fundamentais.

140703-mosquito-1722_c3770309e8050947cfe125e7b1a31753

De acordo com o coordenador do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Giovanini Coelho, o volume de líquido ministrado em cada paciente com dengue ou febre chikungunya deve feito com cautela. “A hidratação deve ser cuidadosa independentemente da idade. No entanto, nas consideradas idades extremas (crianças e idosos), deve ser seguido rigorosamente os volumes de líquidos preconizados nos protocolos do Ministério da Saúde. Esse cuidado é importante principalmente nos pacientes idosos, pois nessa faixa etária existe uma maior probabilidade de pacientes com problemas cardíacos. Nesse caso volumes de hidratação inadequados podem sobrecarregar o coração”, alerta.

A faxineira Patrícia de Araújo e Silva, mãe da Sophia, de nove anos, mora na Asa Sul, Distrito Federal, e conta sobre os sintomas da filha ao ser diagnosticada com dengue e as indicações médica. “Ela foi diagnosticada no dia 5 de março e está em casa. Os sintomas apareceram na terça-feira, 03. Os médicos recomendaram repouso, muita água e analgésico específico para estes casos a cada seis horas. Ela estava com febre muito alta, dor de cabeça na parte frontal e dor nos olhos. Agora ela está bem, mas nos dois primeiros dias foi tenso, porque era muita febre e muita dor, mas aparentemente ela já está melhor”, relata.

Os sinais e os sintomas da febre chikungunya são parecidos com os da dengue, causando febre de início agudo, dores articulares e musculares, dores de cabeça, náusea, fadiga e manchas avermelhadas na pele. É importante estimular a hidratação oral, evitar o uso de aspirina e anti-inflamatórios e realizar repouso absoluto no tratamento da doença. A medicação para febre e dor deve ser prescrita pelo profissional de saúde. Na fase aguda, as dores podem ser aliviadas com compressas frias nas articulações acometidas, de 4 em 4 horas por 20 minutos. Deve-se evitar também atividades que sobrecarreguem as articulações e os membros devem ficar posicionados de forma que favoreça a circulação sanguínea.

A dengue e a febre chikungunya são transmitidas pelo mesmo vetor, os mosquitos Aedes Aegypti e Albopictus, que podem ser eliminados com simples ações no dia-a-dia. Não deixar acumular água parada e não jogar lixo em locais públicos é responsabilidade de todos e é fundamental para evitar o aumento de casos no país. Faça sua parte e previna-se!

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.blog.saude.gov.br/

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

Anúncios

0 Responses to “Cuidados com pacientes com Dengue e Febre Chikungunya”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.287 outros seguidores

Calendário

março 2015
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 791,362 hits

Top 5


%d blogueiros gostam disto: