Posts Tagged 'Edson Fabrício'

Cuidados com a Audição

Já repararam na quantidade de ruídos que existem à nossa volta? Basta parar algum tempo e prestar atenção para notar o som da televisão, o barulho do trânsito, o latido de um cão, a música no computador, etc. Podemos ouvir desde sons suaves e agradáveis até barulhos violentos que incomodam (e muito).

O fator que determina a sensibilidade do ouvido a um som é conhecido como freqüência. O homem apenas consegue ouvir sons com freqüências entre 20 e 20.000Hz, aproximadamente. Como qualquer sistema de alta precisão, existem certos cuidados que devem ser tomados para que ele possa ter vida longa e sem problemas.

• Cuidados com a Audição:

>> Evite enfiar qualquer objeto dentro do ouvido. Não use cotonete na parte de dentro do canal auditivo, limpe somente a parte externa com ajuda de uma toalha após o banho.

>> Não tome remédios sem prescrição médica;

>> Evite ficar exposto a ruídos intensos e por tempo prolongado. Caso isso seja necessário, consulte um especialista na área (Otorrinolaringologista, médico do trabalho, fonoaudiólogo) para que você possa fazer uso de algum sistema de proteção;

>> Procure o médico otorrinolaringologista sempre que apresentar dores, infecções ou sinal de perda de audição, para que a causa possa ser detectada precocemente e o tratamento seja efetivo;

>> Se trabalhar com head-set, troque o fone de ouvido a cada hora e meia e evite usar o microfone no volume máximo com freqüência, pois isto pode gerar fadiga auditiva.

>> Se existir alguém na família que apresente perda auditiva , se você trabalhar ou viver em ambientes ruidosos, realize periodicamente uma avaliação otorrinolarinlógica e fonoaudiológica.

>> Realize regularmente o exame audiométrico. Ele é feito dentro de uma cabine acústica, utilizando um aparelho, o audiômetro, que emite vários sons em diferentes freqüências e intensidades. Concluído o exame, obtém-se um gráfico chamado audiograma, que revela como está a sua audição pela comparação de valores padrões de uma audição normal.

Post e colagem por @EdsonFabricio
Siga o blog no Twitter: @vivamelhor

Anúncios

Por que tem gente que come muito e não engorda?

De acordo com a última edição da Revista Super Interessante, isso acontece porque algumas pessoas já viriam com seus organismos programados para gastar mais energia, fazendo as mesmas coisas que as pessoas de metabolismo mais lento.

São diferenças no metabolismo que fazem com que algumas pessoas queimem mais calorias do que a média para manter o corpo funcionando, ou depositem menos gordura no tecido adiposo.

Estudos com gêmeos tem mostrado que a genética contribui com nosso peso corporal em 40% a 70%. Ou seja, se você não faz parte do grupo de magrelos comilões, você pode até emagrecer, mas nunca poderá comer uma pratada de brigadeiro e não lembrar dos quilinhos extras depois!

Uma possível explicação para o metabolismo acelerado dessas pessoas seria histórico/evolutiva. Os magrelos comilões talvez sejam uma minoria porque a seleção natural favoreceu o seu oposto, a eficiência energética. Com os grandes períodos de fome que a humanidade enfrentou, sobreviveram principalmente as pessoas poupadoras de reservas e ávidas por comida, ou seja, as mais cheinhas!

Postado por Edson Fabrício
Siga o Blog VMO no twitter: @vivamelhor
Fonte: Revista Super Interessante (Março/2010)
Imagem: reprodução

Delícias Gasosas: Saiba por que os refrigerantes prejudicam a saúde

Em tempos de muita correria, sobra pouco tempo para saborear refeições mais nutritivas, o que ocorre na maioria das vezes é a opção pelo fast-food que, além de ser lotado de gorduras Trans (um dos tipos mais perigosos ao nosso organismo), também sempre é acompanhado de algum tipo de refrigerante (colas, soda, guaraná, etc).

Os problemas começam justamente quando vira hábito ingerir diariamente esse tipo de líquido. Assim como qualquer alimento fast-food, o refrigerante não faz bem algum ao corpo, pelo contrário, seu consumo excessivo pode gerar vários problemas à saúde.

De acordo com cientistas, o consumo exagerado do refrigerante corrói os dentes (cáries), gera flatulência (gases), obesidade, agrava quadros de gastrite, confunde os hormônios do apetite durante o processo digestivo, enfraquece os ossos e torna o organismo mais propenso a desenvolver diabetes.

Saiba que:

– Os refrigerantes perdem apenas para TV quando o assunto é fator causador da obesidade!

– Segundo pesquisas americanas, um adulto que costuma beber 3 a 4 vezes ao dia refrigerante tem 62% a mais de chances em desenvolver algum problema dentário comparado ao adulto que não ingeri tal líquido.

– Na década de 50, crianças geralmente bebiam 1 copo de refrigerante para cada 3 copos de leite, atualmente essa estatística se inverteu! A Osteoporose nos dias de hoje atinge milhões de pessoas, mas no futuro, provavelmente teremos uma nação com essa doença, tudo isso graças ao consumo do refrigerante, que desgasta e enfraquece os ossos.

Se você consome diariamente grande quantidade de refrigerante e pretende diminuir ou excluir de sua dieta tal bebida, tente optar por sucos naturais, águas minerais com sabores de frutas, água com gás ou vitaminas. Dessa maneira você evita várias doenças como obesidade, diabetes e problemas dentários, além de obter um dia-a-dia mais leve e saudável.

Postado por Edson Fabrício
Siga o Blog VMO no twitter: @vivamelhor
Foto: reprodução

Bem Estar: Recuperando o sono após viajar

Postado por Edson Fabrício
Siga o Blog VMO no twitter: @vivamelhor
Vídeo: Canal Você [reprodução]

Especial Verão: Como enfrentar o calor no Trânsito! (parte 2)

Importante: Se a temperatura está chegando aos 40°C, cuidado! Veja o que você pode fazer para diminuir seus efeitos no organismo:

Para a sensação de cansaço: Aposte nos sais minerais (potássio, magnésio, sódio), contidos na água mineral, que previnem também cãibras e alterações no correto funcionamento cardiovascular. O consumo deve ser aumentado, ainda que não se tenha a sensação de sede.

Evitar tonturas: Faça refeições regulares (entre quatro e cinco por dia), dando maior importância ao café-da-manhã, para dar ao corpo a energia necessária para as atividades diárias. As refeições podem ser alternadas com pequenas porções de alimentos salgados. Os carboidratos (massas e arroz) são admitidos.

• Diminuir o calor corporal: Prefira alimentos crus ou pouco cozidos – quanto maior a temperatura de cozimento, maior a perda de água e vitaminas. Alimentos muito quentes atuam como vasodilatadores e aumentam a temperatura corpórea; os gelados podem causar gastrites e congestão.

Leia a 1ª parte desse post: Especial Verão: Como enfrentar o calor no Trânsito! (parte 1)

Fonte: revista Viva Saúde

04/02: Dia mundial de combate ao Câncer

Hoje, dia 4 de fevereiro, é dia Mundial de combate ao Câncer. Para refletirmos sobre a doença e sobre o assunto em geral, confira a campanha chocante e criativa da agencia de publicidade MMS Recife.

Postado por Edson Fabrício
Siga o Blog VMO no twitter: @vivamelhor
Foto: reprodução

Alimentos preparados no microondas perdem o valor nutritivo?

Em geral não, e quando ocorre a perda é mínima. Segundos nutricionistas, a perda só acontece quando se faz o cozimento de legumes ou outros alimentos que têm bastante água. O aquecimento libera líquido do alimento que pode conter minerais e vitaminas, principalmente a vitamina C e as do complexo B, o problema é que muitas vezes esse líquido é descartado.

Postado por Edson Fabrício
Siga o Blog VMO no twitter: @vivamelhor
Foto: reprodução


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.291 outros seguidores

Calendário

junho 2019
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 966.725 hits

Top 5

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: