Posts Tagged 'planejamento'

Saiba como cuidar da saúde antes da viagem

Viajar é uma delícia, seja para conhecer um lugar novo e explorar culturas diferentes ou para voltar para aquele lugar que tanto amamos. Mas antes de arrumar a mala é importante pensar na saúde.

wallpaper-1188377-1030x579

O primeiro ponto do planejamento é saber se a saúde está em dia, principalmente para quem tem alguma doença pré-existente.Se alguns dias antes da partida contrair alguma doença infecciosa aguda tente adiar até ficar melhor. Afinal, se já é complicado ficar doente em casa, imagina em um lugar desconhecido?

Se fizer uso de medicamentos sob prescrição médica, revalide a receita e adquira os medicamentos na quantidade suficiente para toda a viagem, pois nem sempre é possível adquirir medicamentos em outros países, sem prescrição médica local. Lembre-se de levar, preferivelmente na bagagem de mão, na caixa original para melhor identificação, caso necessário. Na receita deve constar o mesmo nome identificado no cartão de embarque.

Fique atento ao volume individual dos recipientes, pois, pelas normas de segurança aérea, somente é permitido levar na bagagem de mão medicamentos essenciais acompanhados de prescrição médica; medicamentos que não necessitam de prescrição médica: colírio, solução fisiológica para lentes de contato, etc. (desde que não excedam 120ml ou 4oz); insulina e líquidos especiais ou gel, para passageiros diabéticos, acompanhados de prescrição médica (desde que não excedam 148 ml ou 5oz).

Em caso de viagens internacionais, certos países mantêm com o Brasil acordos internacionais recíprocos, que permitem o atendimento de cidadãos brasileiros pelas redes públicas de saúde. Para saber mais sobre o Certificado de Direito a Assistência Médica, acesse http://sna.saude.gov.br/cdam/. Considere ainda a possibilidade de contratar um seguro internacional de saúde particular.

:: Vacinas

Vale lembrar que alguns países ainda sofrem com doenças que o Brasil já erradicou ou tem baixa incidência. Por isso consulte as vacinas necessárias para o destino e confira se as suas estão em dia. Um exemplo é a medida de controle da febre amarela, alguns países exigem dos viajantes o “Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia” para o ingresso em seu território. Esta vacina deve ser administrada pelo menos dez dias antes da viagem.

Para a emissão do “Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia” (CIVP), você deverá procurar os Centros de Orientação ao Viajante da Anvisa, levando o seu Cartão Nacional de Vacinação e um documento de identificação oficial com foto. O certificado internacional só será válido para ingresso no país estrangeiro após dez dias a contar da data da vacinação contra febre amarela.

Outras também poderão ser recomendadas como medida preventiva ao viajante que se desloca para áreas de risco. Informe-se se existe essa indicação para o destino da sua viagem. A rede pública do Sistema Único de Saúde oferece vacinas eficazes e gratuitas. É bom lembrar que as vacinas geralmente têm um período, que varia entre 10 dias e 6 semanas, até atingir a proteção esperada. Por isso, devem ser aplicadas com a devida antecedência à viagem.

Depois de conferir os assuntos relacionados à saúde é só arrumar a mala e aproveitar a viagem!

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.blog.saude.gov.br/

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

Anúncios

Seja Feliz no Trabalho

Campanha-DIA-DO-TRABALHO-2013

Curso de Planejamento Estratégico Sustentável – 20 e 21 de Agosto

Carnaval: Dicas Para Aproveitar Sem Prejudicar o Orçamento

Já estamos com um pé no Carnaval e a folia está rondado o Brasil desde o início deste ano. Em Recife, as batucadas não cessam desde o Natal de 2011 e estamos recebendo visitas de todo o mundo, este mês.

É claro que apenas queremos ser felizes e brincar muito. Mas para a alegria durar o resto no ano, o Viva Melhor estará postando algumas dicas que todos estão carecas de ouvir mas alguns se recusam a entender e outros acabam se esquecendo…daí que o bicho pega. Então, lá vai. Para que o seu Carnaval seja, de fato, somente um momento de muito brilho e curtição!

Confira dicas para aproveitar o feriado sem prejudicar o orçamento

Boa parte dos problemas financeiros pessoais está ligada à má gestão do orçamento em momentos de festividades, como o Carnaval. Assim, para aproveitar essa data e evitar uma “ressaca” no seu bolso, vale a pena observar algumas dicas.

A recomendação dos especialistas gira em torno de duas atitudes fundamentais: planejamento e organização. Comprar por impulso e não observar seu orçamento mensal possivelmente vão comprometer sua vida financeira.

“É muito comum, nessa época do ano, as pessoas fazerem dívidas que não conseguem liquidar e que comprometem o crédito por um bom tempo. Por isso, é fundamental o planejamento financeiro para conseguir se divertir, sem prejudicar o seu orçamento mensal”, explica a diretora de recuperação da TeleCheque, Dirlene Martins.

Durante o Carnaval, portanto, apesar de ser um momento de descanso e lazer, não se deve descuidar da gestão dos gastos. Caso contrário, quando você retornar da viagem, terá muitos problemas para lidar. “Utilize o crédito de forma consciente, antecipe sonhos e evite pesadelos. Tudo é uma questão de planejamento e organização”, recomenda Dirlene.

Pensando nisso, o educador financeiro Reinaldo Domingos elaborou uma lista de dicas para retornar do Carnaval com as finanças em ordem. Confira:

1. Dentro do orçamento – escolha um local de acordo com suas reais condições financeiras; não adianta querer esbanjar em um evento fora de sua realidade e depois ter de arcar com dívidas;

2. Planejando as festas – leve para as noites apenas um limite de dinheiro contado, pois, no impulso, sempre se gasta mais do que pode;

3. Organizando eventos – organize eventos pré-bailes e festas em casas de amigos ou em sua própria casa, economizando assim no consumo de comes e bebes;

4. Cuidado com os excessos – se for beber, pegue um táxi ou deixe que um amigo que não beba dirija; evite os riscos e custos de multas e acidentes. A saúde deve ser a prioridade;

5. Esteja pronto para imprevistos – reserve sempre 20% a mais do que gastará para imprevistos. Esta reserva proporcionará mais tranquilidade, mas só deverá ser gasta em última necessidade;

6. Divida as despesas – se reúna com amigos e divida as despesas; o Carnaval é uma festa que é muito melhor e mais barata quando a compartilhamos;

7. Gaste menos – limitar as bebidas alcoólicas evita ressaca e gastos, pois este é o item com que as pessoais mais gastam e normalmente perdem o limite;

8. Dinheiro – evite levar para as festas grandes quantias de dinheiro, cartões e objetos de valor. No meio da folia você poderá perder os documentos ou mesmo ser furtado. O pouco que levar ponha em locais de confiança;

9. Use a criatividade – se estiver sem dinheiro e quiser se fantasiar, busque usar a imaginação, economizando neste item. Reciclar é uma ótima pedida;

10. Evite dívidas – evite fazer dívidas por causa de Carnaval; quatro dias de festa não podem se refletir em muitos meses de dívidas.

Fonte: Yahoo Brasil

Vídeo: “Você é do Tamanho dos seus Sonhos”

 

A todos os leitores, um Feliz 2012 da equipe do Viva Melhor Online.

 

O vídeo traz uma breve amostra da palestra sobre o livro “Você é do Tamanho dos seus Sonhos” de César Souza

Diferencial é ser antes o que todos podem ser depois

Por Max Gehringer 

 

MEU AVÔ ANTONIO, QUE DEUS O TENHA, ERA MECÂNICO E conseguiu seu primeiro emprego na década de 1920, quando ele tinha 16 anos de idade. Numa seleção em que havia uma dúzia de candidatos mais velhos e mais experientes do que ele, meu avô se destacou por um simples motivo: ele sabia ler e escrever. E, na época, só um, de cada mil brasileiros, sabia ler e escrever. Meu pai, que também era mecânico, conseguiu o primeiro emprego dele porque, além de ter o primeiro grau completo, ele sabia ler manuaisem inglês. Esó isso o tornava diferente dos outros pretendentes à vaga. Eu consegui meu primeiro emprego porque tinha um curso universitário. Eu me formei em uma escola sem nome e sem prestígio, mas – e daí? – naquela época, pouca gente tinha formação superior, e minha formação me diferenciava. Em termos de cursos, o importante não é qual, é quando. Hoje, para quem ambiciona uma carreira de sucesso, ter um diploma universitário deixou de ser tão diferencial. É apenas mais um passo escada acima, mas passou a ser um degrau intermediário, porque a escada aumentou de tamanho. E continua aumentando a cada ano que passa. Quando alguém me pergunta que curso deveria fazer, eu respondo: “Chinês”. Por que a China será a grande potência mundial do século XXI?, a pessoa me pergunta. Não, eu respondo, porque só um em cada 5 milhões de brasileiros sabe falar chinês. Num processo de seleção, se todos os candidatos tiverem faculdade, se todos souberem falar inglês, se todos tiverem conhecimento de informática, e se só um souber falar chinês, a chance desse um ser admitido é enorme. O mercado de trabalho não mudou desde os tempos de meu avô Antonio e a regrinha básica continua a mesma: faça o que todo mundo está fazendo, mas faça pelo menos uma coisa que só uns poucos fizeram. Essa coisa é o que se chama de diferencial.

Fonte: O melhor de Max Gehringer na CBN


Twitter @vivamelhor

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.199 outros seguidores

Calendário

setembro 2019
S T Q Q S S D
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 973.370 hits
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: