Arquivo para 2 de agosto de 2012

Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Amamentação 2012

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, Eduardo Vaz, lançaram, ontem (1/08) no Rio de Janeiro, a Campanha Nacional de Amamentação 2012. O evento integra a 21º Semana Mundial de Amamentação, que ocorre até o dia 7 de agosto, com comemorações em todo o País. Durante a ocasião, Padilha anunciou R$ 45 milhões para investir na qualificação do pré-natal em 2.120 municípios. As ações fazem parte da estratégia Rede Cegonha, lançada em 2011, para ampliar e qualificar a assistência prestada às gestantes e aos bebês no Sistema Único de Saúde (SUS).

“As mães que enfrentaram dificuldades de amamentar no passado foram fundamentais para reforçar a importância de conscientizar as mulheres sobre os benefícios do aleitamento hoje”, lembrou o ministro Alexandre Padilha durante o lançamento da campanha que este ano tem como tema “Amamentar hoje é pensar no futuro”. A madrinha deste ano é a cantora Wanessa, mãe de José Marcus, nascido em janeiro. “Agradeço profundamente a você Wanessa por ter aceitado este convite. O Ministério da Saúde tem sempre gratidão e alegria em saber que mulheres como você nos ajudam a acabar com mitos sobre aleitamento materno”, declarou Padilha.

A campanha produzida pelo Ministério da Saúde e a SBP tem como objetivo incentivar às mães brasileiras a amamentar até os dois anos ou mais e de forma exclusiva até os sexto mês de vida do bebê. “Foi a maior descoberta da minha vida este dom que é amamentar. Se a mulher pode e tem saúde para amamentar não há motivo para não fazê-lo”, destacou Wanessa. O leite materno é um dos maiores aliados no combate à mortalidade infantil. Só na última década, o Brasil reduziu a taxa em 47%, graças a um conjunto de políticas públicas voltada para a família, a gestante e a criança.

Nesta campanha, serão distribuídos cartazes e folhetos aos municípios de todo o país, com a imagem da madrinha Wanessa amamentando o seu primeiro filho e com orientações para as mulheres sobre como amamentar e quais os benefícios dessa prática. Também foram produzidas peças para a internet, televisão e rádio.

A Semana Mundial de Amamentação é uma estratégia idealizada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (Waba, a sigla em inglês) e ocorre em cerca de 150 países. Esse ano, o tema escolhido são os 10 anos da “Estratégia Global para a Alimentação de Lactentes e Crianças de Primeira Infância” (OMS e Unicef) e seu objetivo é aprimorar as práticas alimentares, melhorando o impacto na sobrevivência, no crescimento e no desenvolvimento, na saúde dos bebêscomo um todo.

REDE CEGONHA – Os recursos anunciados pelo ministro serão destinados para a qualificação do pré-natal. As consultadas de pré-natal são importantes para um acompanhamento da gestação para uma gravidez sem riscos e um parto tranquilo. Durante o pré-natal, por exemplo, as mães são orientadas sobre como amamentar seu bebê e informadas sobre a importância do aleitamento exclusivo até os seis meses de vida e sobre continuar amamentando a criança até os dois anos ou mais.

O Ministério da Saúde tem investido, por meio da Rede Cegonha, na ampliação dos exames do componente pré-natal, além do teste rápido de gravidez. Essas medidas buscam garantir acolhimento e captação precoce da gestante, além de ampliar o acesso aos serviços de saúde e melhorar a qualidade do pré-natal.

Dentre as ações previstas do componente pré-natal, está o acolhimento às intercorrências na gestação; acesso ao pré-natal de alto de risco; realização dos exames de pré-natal de risco habitual e de alto risco; acesso rápido aos resultados; vinculação da gestante — desde o pré-natal — ao local em que será realizado o parto; implementação de ações relacionados à saúde sexual e reprodutiva, incluindo a população de adolescentes e jovens; além de prevenção e tratamento das DST/HIV/Aids e Hepatites. Com a Rede Cegonha, já foi possível avançar no acesso às consultas de pré-natal. Em 2011, mais de 1,7 milhão de mulheres fizeram, no mínimo, sete consultas pré-natais.

A Rede Cegonha também traz em suas ações a promoção da amamentação na primeira hora de vida e o fortalecimento do vínculo mãe/bebê por meio do contato pele a pele logo após o nascimento. O primeiro ano de funcionamento da estratégia também permitiu a redução de 21% dos óbitos maternos.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site:  http://portalsaude.saude.gov.br

Encontro da ABQV em Pernambuco – 23 de agosto

Faça sua Inscrição: http://migre.me/a98h3


Twitter @vivamelhor

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.164

Calendário

agosto 2012
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 998.418 hits

%d blogueiros gostam disto: