Posts Tagged 'ovos de páscoa'

Páscoa sem culpa: por que o chocolate faz bem à saúde

Apesar de ser calórico e conter gordura e açúcar, os vilões de qualquer dieta, o que faz do chocolate uma ameaça à saúde não é o doce em si, mas a sua ingestão em excesso. Por isso, mesmo durante a Páscoa é preciso maneirar para aproveitar os vários efeitos benéficos do alimento. Em quantidades pequenas, ele não faz mal, não engorda e, melhor ainda, pode até ser bom à saúde. A confirmação disso está nos resultados de muitas pesquisas científicas que concluíram que o chocolate, especialmente o amargo, pode evitar doenças cardíacas, beneficiar a cognição e até ajudar a emagrecer.

Ovo-de-Páscoa

Os grandes responsáveis por fazer com que o chocolate seja saudável são os flavonoides, compostos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias encontrados no cacau. Por esse motivo, quanto mais amargo é o chocolate – ou quanto maior for o teor de cacau dele – melhor para a saúde. “Os antioxidantes protegem as células dos radicais livres produzidos em excesso. Essa proteção reduz o risco de problemas cardiovasculares e desacelera o envelhecimento”, afirma Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein. “Nenhum estudo mostrou efeitos benéficos à saúde com o consumo de chocolate branco, apenas com os tipos mais amargos.”

Segundo o médico, consumir 13 gramas de chocolate amargo por dia – mais ou menos dois quadradinhos de uma barra de chocolate – já é suficiente para obter os benefícios antioxidantes dos flavonoides. “Comer muito menos do que isso não adianta, mas é preciso tomar cuidado com o excesso para não engordar, uma vez que, em média, o chocolate possui seis calorias por grama”, afirma. “A dica é comer chocolate com moderação e, em momentos como a Páscoa, se divertir e consumir um pouco mais, mas não tornar o exagero parte da sua rotina.”

Motivos pelos quais você deve comer chocolate (com moderação)

Protege o coração

Entre as pesquisas que apontam para efeitos positivos do consumo do chocolate, as mais numerosas são, de longe, aquelas que associam o alimento a benefícios ao coração. Segundo um estudo publicado no ano passado no British Medical Journal (BMJ), por exemplo, é possível diminuir o risco de eventos cardiovasculares comendo chocolate amargo (com pelo menos 60% de cacau) todos os dias. Outro trabalho, feito na Universidade de Cambridge e divulgado em 2011, mediu o quão benéfico o chocolate pode ser ao coração: segundo o estudo, o consumo sem excessos do alimento diminui em 37% o risco de doenças cardíacas e em 29% as chances de acidente vascular cerebral (AVC).

Parte da redução das chances de doenças cardíacas proporcionada pelo chocolate pode ser explicada pelo fato de ele, antes disso, evitar o surgimento de fatores de risco ao coração, como hipertensão ou colesterol alto. De acordo com pesquisa australiana publicada em 2010 no periódico BMC Medicine, por exemplo, o chocolate amargo ajuda a diminuir a pressão arterial de pessoas que sofrem de hipertensão.

 

Ajuda a emagrecer

Em 2012, um estudo feito por pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos, quebrou o mito de que chocolate engorda e ainda concluiu, surpreendentemente, que o alimento pode, na verdade, ajudar uma pessoa a emagrecer. Isso porque, das 1.000 pessoas que participaram da pesquisa, aquelas que comiam chocolate com maior frequência, embora consumissem mais calorias em um dia, foram as que apresentaram, em média, um índice de massa corporal (IMC) menor. Essa relação aconteceu principalmente quando o indivíduo consumia chocolate amargo. Segundo os autores do estudo, pode ser que as calorias no chocolate sejam ‘neutras’ — ou seja, que pequenas quantidades do alimento beneficiem o metabolismo, reduzam o acúmulo de gordura no corpo e, assim, compensem as calorias consumidas. Além disso, os pesquisadores acreditam que as propriedades antioxidantes do chocolate estejam por trás dos efeitos positivos demonstrados pelo trabalho.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://veja.abril.com.br/

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

 

Anúncios

Como encontrar o melhor ovo de chocolate para a sua saúde

A pedagoga Simone dos Santos é chocólotra assumida. Nesta época do ano, ela conta que fica mais difícil resistir a tantas tentações. “Como chocolate todos os dias e quando chega essa época da Páscoa eu aumento mais ainda porque eu não sei entrar numa loja, ver um ovo de Páscoa, nem que seja aquele baratinho, mas tenho que comprar, nem que seja um coelhinho, mas tenho que comprar pra comer. Só chego lá pego e pronto, nunca dei importância pra olhar a quantidade de gordura, essas coisas assim. Agora eu vou passar a ler a embalagem, ver a importância que tem ali, já não vou pegar qualquer um, coisa que antes eu fazia”, relata.

img-598889-ovo-de-pascoa-funcional20140331141396288282

De acordo com a nutricionista do Hospital Federal Cardoso Fontes, no Rio de Janeiro, Maria Valéria Fontoura, a Simone faz bem em começar a ler o rótulo dos ovos de chocolate antes de levá-los para casa. Segundo a nutricionista muitos desses produtos são ricos em gordura e açúcar.

A especialista dá dicas para escolher um chocolate mais saudável, como as opções com alto teor de cacau, por exemplo. “O cacau é um alimento considerado atualmente muito saudável com vários benefícios, temos algumas outras vitaminas, alguns minerais, mas, principalmente, flavonoides que são os antioxidantes que vão ajudar a manter as artérias. Alguns trabalhos mostram benefícios para o coração, estresse, pra memória também, atuando na ansiedade. Quanto mais amargo acima de 70%, mais saudável ele vai ficar”, explica.

Mas não basta só ficar atento à qualidade nutricional do ovo chocolate. A nutricionista do Hospital Federal Cardoso Fontes, Maria Valéria Fontoura, conta que comer demais também pode ser prejudicial à saúde. “Não comer tudo de uma vez porque pode ter uma intoxicação, uma diarreia porque o chocolate já vem com muito leite, muito açúcar, então a acne também, espinha. Pessoas com açúcar alto, diabéticos vão ter um aumento desse açúcar, muitas vezes, vão precisar de mais remédios ou de mais insulina, isso não é legal, não faz bem. Então, sempre tentar consumir uma quantidade menor”, alerta.

O excesso de gordura e açúcar dos chocolates pode provocar doenças crônicas como diabetes e obesidade. Para saber sobre a política do Ministério da Saúde desenvolvida par a combater essas doenças, acesse a página do ministério.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.blog.saude.gov.br/

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

Alimentos da Páscoa

Páscoa é a festa mais importante entre os cristãos, pois celebra a ressurreição de Jesus Cristo que, após morrer na cruz, foi colocado em um sepulcro até seu corpo e espírito se unificarem novamente. A palavra “Páscoa” vem do hebraico “Pessach” e significa “passagem”, pois na Antiguidade, essa festa judaica comemorava a libertação dos hebreus após um longo período de escravidão no Egito.

A data é comemorada sempre em um domingo, ao final da Semana Santa, época em que os cristão relembram e oram pela morte e sofrimento de Cristo. A Semana Santa inicia-se no Domingo de Ramos, após o término da Quaresma, período de quarenta dias que começa na Quarta-feira de Cinzas e, segundo a tradição católica, é um tempo de reflexão e caridade.

Símbolos da Páscoa, o pão e vinho foram escolhidos por Jesus Cristo para simbolizarem seu corpo e sangue e a vida eterna, pois já sabia que seria perseguido e morto na cruz. Dessa forma, ofereceu aos seus discípulos na Santa Ceia esses que, na Antiguidade, eram os alimentos mais comuns para muitos povos, instituindo a Eucaristia.

colomba pascal é um pão de origem italiana cuja receita é parecida com a do panetone, a diferença está em seu formato parecido com o de uma pomba que, no cristianismo, representa a vinda do Espírito Santo e a paz. Ainda pode ter variações com raspas de laranja e cobertura com glacê e amêndoas. Conta a lenda que a receita surgiu quando um confeiteiro presenteou o rei lombardo Albuíno com o pão em forma de pomba , fazendo com que o monarca desistisse de invadir um vilarejo na Itália, promovendo a paz no local.

A tradição de comer peixe nessa celebração também está ligada ao cristianismo, mas a prática deve ser realizada na Sexta-feira Santa, ou seja, a sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa. O costume de não comer carne vermelha nessa data entre os cristãos é um símbolo de abstenção, sacrifício e fé. Atualmente, no Brasil, é bastante comum o consumo de bacalhau nessa ocasião, um peixe originário dos mares frios do hemisfério norte e muito saboroso.

ovo é um dos símbolos pascais mais conhecidos e no cristianismo representa a vida e a ressurreição de Cristo, mas a tradição de presentear outras pessoas com ovos pintados e enfeitados já vem de algumas civilizações da Antiguidade. Posteriormente, em vários países, assim como no Brasil, os ovos decorados foram substituídos por ovos de chocolate e atualmente podemos encontrar variedades dessas delícias, desde os simples aos recheados e em diferentes tamanhos.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra acessando o site: http://papofeminino.uol.com.br/

Aproveitando com moderação, o organismo agradece e a estética também

Dia 24 de Abril grande parte dos brasileiros estarão enfrentando maiores filas nos supermercados e estarão ingerindo mais cálcio, proteínas e ferro que o normal. Tudo isso graças à Páscoa que acontece neste último domingo do mês. É a hora de presentear e ser presenteado com o bom e velho chocolate que existe nas mais variadas formas para agradar o gosto de todos.

Entre argumentos de amigos e inimigos do chocolate, já ouvimos falar que o chocolate é o maior causador das acnes, que previne o envelhecimento da pele , é um grande estimulador cerebral e que dá felicidade. No meio de todos esses conhecimentos populares, existe um que se deve ter um pouco mais de atenção, que é o conceito de que “chocolates dietéticos não engordam muito”.

Todos sabem que a quantidade de açúcar em produtos dietéticos é quase insignificante e que isso é de extrema importância para os diabéticos. O que a muitos não conhecem é que o chocolate dietético possui tanta quantidade calorias como um chocolate normal, conforme segue na tabela abaixo, segundo o médico Dr. José Bento de Souza:

Tipo Quantidade Calorias
Ao leite 500g 2.780
Branco 500g 2.800
Amargo 500g 2.630
Dietético 500g 2.700

FONTE: Departamento de nutrição da Clínica Dr. José Bento de Souza, www.drjosebento.com.br
http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=35488:chocolatras-de-plantao-apreciem-com-moderacao&catid=47:cat-saude&Itemid=328

Jogando de lado a idéia que os chocolates dietéticos são adequados para os que querem emagrecer, a grande verdade é que para não engordar, deve ser feita a moderação do uso do chocolate, principalmente neste final de semana em que ele é o tema. Se ingerido com controle, ele irá trazer todos os benefícios que realmente oferece e não comprometerá aqueles que tanto gostam de desgustá-lo.

O ideal a ser consumido é um quadrado de barra de chocolate, ou um bombom de chocolate por dia, para que não possibilite o exagero, seja ele de ausência ou abundância do chocolate. Aproveitando com moderação, o organismo agradece e a estética também.

Texto de Duda


Twitter @vivamelhor

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2.198 outros seguidores

Calendário

outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 975.212 hits
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: