Posts Tagged 'omega 3'

Combinações Saudáveis

pixabay-salmon-518032_1920

No Dia Mundial da Alimentação, falar sobre alimentação saudável é bater mais uma vez na mesma tecla já que falamos sobre assunto no Dia do Nutricionista e estamos sempre dando pitaco sobre a importância das boas escolhas na hora de encher o prato. Mas o assunto vale a pena ser revisto sempre, pois muitas doenças podem ser prevenidas ou mesmo curadas somente com a reeducação alimentar.

Então, vamos falar de “combinações saudáveis”.

Ao preparar seu prato, muitas vezes, a combinação de 2 alimentos pode resultar em inúmeros benefícios, devido à interação entre eles, melhorando a absorção das vitaminas pelo organismo ou bloqueando os malefícios de alguns alimentos.

Confira algumas combinações inteligentes abaixo:

Arroz + Feijão

O aminoácido metionina do arroz e a lisina do feijão formam a proteína, importante para a formação dos nossos tecidos.

Salmão + Salada de Alface, Agrião, Brócolis e Nozes

As vitaminas A (presente no agrião), D (presente no salmão), E (presente no brócolis) e K (presente no alface) precisam de gordura para serem absorvidas, daí que a gordura do salmão entra para exercer esta função.

Cenoura + Laranja

A vitamina C da laranja, combinada com o ácido fenólico da cenoura, baixa os níveis de colesterol ruim, além de prolongar a sensação de saciedade.

Feijão + Rúcula

A vitamina C aumenta em até 30% a absorção do ferro em vegetais.

Carne + Alecrim

O alecrim, quando aquecido, produz os ácidos: carnósico (anti-inflamatório) e rosmarínico (antioxidante). Essa dupla corta o efeito das toxinas da carne.

Tomate + Azeite

O tomate cru ou cozido é rico em licopeno (antioxidante) que neutraliza os radicais livres. Mas o licopeno precisa de gordura para entrar em ação. Daí que entra o azeite.

Ovo + Brócolis + Arroz Integral

O magnésio do arroz com a vitamina D do ovo, ajuda na absorção do cálcio do brócolis.

Atum + Frutas Vermelhas

O ácido elágico, presente no suco de frutas, aumenta a absorção do ômega 3 do peixe que reduz o colesterol ruim.

Fonte: http://super.abril.com.br/ciencia/as-9-combinacoes-de-alimentos-mais-saudaveis-da-culinaria

Alimentos para combater o Colesterol alto

No dia 8 de agosto é comemorado o Dia Nacional de Controle do Colesterol. A data, que existe há 10 anos, tem como objetivo conscientizar a população sobre as doenças decorrentes da elevada taxa de colesterol no sangue, formas de prevenção e tratamento.

axidos-graxos

De acordo com a nutricionista Natana Martins, o colesterol é a matéria-prima de moléculas muito importantes para o funcionamento do nosso corpo. É a partir dele que se produz vários hormônios, como os sexuais — testosterona e estradiol — e o cortisol. Ele também é responsável pela produção de vitamina D, que é muito importante para a absorção do cálcio e a consequente manutenção da saúde óssea.

O colesterol total é composto de dois tipos de moléculas, o LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim e que, em excesso, é responsável pelo entupimento das artérias, e o HDL, o colesterol bom, que impede o depósito de gordura nas artérias.

Natana explica que uma alimentação balanceada, prática regular de exercícios físicos e bons hábitos de vida, como evitar bebidas e cigarros, são o primeiro passo para manter um coração saudável.

— Entretanto, seja por recomendação médica ou por precaução, muitas pessoas fazem uso da suplementação para manter o colesterol sob controle. Isso acontece devido a correria do dia a dia, pela falta de tempo ou apenas para garantir uma vida mais saudável — complementa.

Veja alternativas naturais para suplementar a dieta e manter o colesterol dentro da normalidade

Fitoesterol

Os fitoesteróis são uma classe de gordura de origem vegetal que apresenta estrutura muito parecida à da molécula de colesterol. Por apresentarem essa similaridade, reduzem a absorção do colesterol LDL — ruim — e impedem sua chegada à corrente sanguínea.

Os fitoesteróis são encontrados principalmente em óleos vegetais, oleaginosas, frutos secos, hortaliças, cereais integrais e soja, porém em baixas quantidades.

Estudos clínicos demonstram que o consumo recomendado é de 1,3g ao dia para obter os resultados desejados, encontrado em 185 tomates, por exemplo.

Óleo de Peixe

É a principal fonte animal de ômega 3. Previne problemas cardiovasculares como arritmia, infarto, angina e acidente vascular cerebral. Melhora os níveis de gordura no sangue, reduz os triglicérides e aumenta o bom colesterol — HDL.

Ele também retarda o processo de depósito de gordura nas artérias que pode causar seu entupimento. Além disso, tem ação anti-inflamatória e antioxidante, combatendo os radicais livres que aceleram o envelhecimento.

Óleo de Chia

É a principal fonte vegetal de ômega 3. Apresenta os mesmos benefícios do óleo de peixe. Cultivado sem pesticidas e sem organismos geneticamente modificados, é composto de 80% de ácidos graxos poli-insaturados, sendo 75% de ômega 3 e 25% de ômega 6.

Óleo de Linhaça

Fonte de ômega 3 e 6, ácidos graxos essenciais. O ômega 3 regula os níveis de gordura no sangue, diminui os riscos de arritmia do coração, pode auxiliar no controle da pressão sanguínea e na prevenção de infarto. O ômega 6, por sua vez, colabora com a imunidade.

Óleo de Alho

Regula o colesterol, ajuda a baixar a pressão e inibe o depósito de gordura nas artérias, protegendo o coração. Muito mais do que um simples tempero, ele tem uma série de benefícios adicionais: é expectorante, antisséptico, analgésico, anti-inflamatório, antitérmico, antibacteriano, tônico, vermífugo e antioxidante.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://zerohora.clicrbs.com.br

Visite nosso site: http://www.vivamelhoronline.com.br

Alimentos para a saúde dos OLHOS

Campanha-DIA-DO-OFTAMOLOGISTA-2013

Alimentação Saudável Previne Doenças Oculares

Vários estudos já comprovaram os benefícios da alimentação saudável, com redução de carne vermelha, açúcar e sal, frituras e gordura trans. O que pouco se fala é que, além de prevenir diversos tipos de câncer e doenças do coração, uma dieta bem equilibrada também tem o poder de retardar ou atenuar doenças oculares.

“Obviamente, é preciso tomar uma série de medidas para o bem da saúde em geral, não apenas mudar os hábitos de alimentação. Combater o sedentarismo, realizar check-ups regulares, usar protetor solar todos os dias (inclusive quando não há sol) e, principalmente, parar de fumar são atitudes que contribuem grandemente para fortalecer o organismo. Mas uma dieta bem elaborada, privilegiando alimentos antioxidantes – que combatem o envelhecimento – pode trazer grandes benefícios, retardando doenças como a degeneração macular, catarata, olho seco e tantas outras”, diz o doutor Renato Neves, diretor do Eye Care Hospital de Olhos.

De acordo com o especialista, todas as dietas saudáveis devem incluir grandes quantidades de frutas, legumes e verduras frescas – que podem ser consumidas ao longo do dia. A ideia é aumentar a ingestão de vitaminas, minerais, proteínas saudáveis, ômega-3 e luteína.

“Frutas de várias cores e verduras de tonalidade verde-escuro, como espinafre, couve e brócolis, contêm antioxidantes que protegem os olhos, reduzindo os danos provocados pelos radicais livres. Ovos, milho verde, mamão, laranja e kiwi também contêm luteína, substância fundamental no combate à degeneração macular relacionada à idade. A esses alimentos, acrescentamos cenoura e abóbora, que também são ricas em vitamina A e contêm muita vitamina C”, diz Neves.

Na opinião do médico, as pessoas ainda devem incluir na dieta importantes fontes de ômega-3 e reduzir a ingestão de sódio. Peixes, castanhas, óleo de linhaça e canola contribuem também para evitar a síndrome do olho seco – tão comum nas grandes cidades e na terceira idade. “Se alguns alimentos contribuem para a saúde dos olhos e para o bem-estar do paciente, o sódio pode colocar tudo a perder quando ingerido em altas quantidades, levando ao desenvolvimento de catarata. Por isso é tão importante ficar de olho nas embalagens e preferir comprar alimentos prontos com baixa quantidade de sódio”.

Complexos multivitamínicos contribuem para a saúde ocular

Pessoas que não têm restrições médicas – como quem faz uso de determinados remédios de uso contínuo, gestantes ou mulheres que estão amamentando – podem tirar grande proveito dos complexos vitamínicos, contribuindo para ter uma visão melhor por mais tempo.
Na opinião do oftalmologista Renato Neves, as cápsulas são bastante úteis para quem não consegue se adequar à dieta de forma natural. “Considere um multivitamínico diário composto por: 500 mg de vitamina C, 400 UI de vitamina E, 15 mg de betacaroteno, 80 mg de zinco, 2 mg de cobre, 400 microgramas de ácido fólico, complexo de vitaminas B e 2.500 mg de ômega-3. Também é indicado ingerir bastante líquido para hidratar o organismo”.

“Salada para os olhos” (Dr. Renato Neves):

§ 1 maço de espinafre cortado
§ 6 folhas frescas de alface romana
§ 2 cenouras raladas
§ 1 berinjela pequena levemente cozida e cortada em cubos
§ 1 maço de brócolis
§ Cubinhos de pimentões amarelo, vermelho e verde, sem pele
§ 6 couves de Bruxelas
§ Sementes de linhaça dourada
§ Castanhas do Pará trituradas

“Molho Caesar Ocular”:

§ 2 colheres (sopa) de óleo de canola
§ Suco de um limão
§ 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
§ 1 filé de anchova ralado
§ 1 gema de ovo
§ 1 colher (sopa) de mostarda de Dijon
§ 100 g de queijo parmesão

“Para uma refeição completa, a salada deve ser acompanhada de um salmão ou atum grelhado”, recomenda o médico.

Informações parciais. Confira o texto na íntegra, acessando o site: http://www.drvisao.com.br


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.189

Calendário

julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 991.741 hits

%d blogueiros gostam disto: