Posts Tagged 'Insônia'

Conte com o Profissional de Educação Física

Pixabay push-ups-888024_1280

Todo mundo já sabe que praticar atividades físicas, sem abusos, faz bem à saúde, previne contra doenças causadas pelo sedentarismo, controla outras como a hipertensão e pode até curar a depressão. Isso conciliando com uma alimentação saudável, boas noites de sono, acompanhamento médico regular e orientação de um profissional de educação física.

Sim, o orientador profissional na hora da atividade física é fundamental, caso contrário, o que deveria ser benéfico, pode se tornar prejudicial, acarretando prejuízos, às vezes irreversíveis, à coluna, às articulações e ao coração.

Especialistas da saúde afirmam que, qualquer modalidade esportiva, quando praticada incorretamente, pode trazer dano à saúde.

Os maiores riscos estão concentrados principalmente na coluna lombar seguida da cervical, região do pescoço. Em determinados casos as lesões musculares também aparecerem por excesso de treinamento e quando não existe o tempo devido de recuperação do músculo. Lembrando que todo atleta deveria realizar o treino específico de cada modalidade, buscando sempre a execução correta do movimento para que possa evitar lesões por treinamento inadequado.

Confira os riscos de cada esporte, quando mal executados:

  • Musculação: a intensidade destes exercícios podem, se não forem prescritos por um profissional de maneira adequada, prejudicar a coluna, os ombros e os joelhos.
  • Natação: as regiões do corpo mais afetadas pela natação, realizada em excesso e sem orientação adequada, são os ombros e coluna lombar.
  • Corrida: a falta de orientação e calçado adequado pode levar alguns atletas a sofrer de dores nas costas.
  • Surf: a coluna, o ombro e o joelho são as partes do corpo que mais sofrem problemas ao praticar esta atividade sem orientação.
  • Tênis: por buscar um condicionamento físico perfeito num sistema de treinamento de repetição de movimentos rotacionais, assimétricos e exercícios específicos, o atleta pode sobrecarregar determinadas regiões do corpo, entre elas a coluna vertebral, onde uma sobrecarga pode ocasionar desvios posturais.

Informações parciais da fonte: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticia/2011/04/se-mal-feita-toda-modalidade-esportiva-traz-risco-de-lesao-3268030.html

 

Saúde Mental: Sinais de Que Precisa de Ajuda

Pixabay shy-863056_1920

A Huffpost Brasil publicou um artigo bacana, em novembro de 2015, que vale a pena recordar. Quem sente desconforto no peito e palpitação vai logo procurar um cardiologista. Quem se resfria ou tem um mal jeito nas costas, também não deixa de tomar providências. Por que deveria ser diferente quando temos problemas em lidar com as emoções?

É comum pensar que os altos e baixos são parte da vida e que devemos lidar com eles por conta própria. Porém, às vezes as coisas não são simples e podem ser até fatais. Transtornos mentais são doenças sérias, causadas por desequilíbrio nos neurotransmissores, tais como a dopamina e a serotonina, que funcionam como reguladores de humor e controlam o sono, o estresse, entre outros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma pessoa entre quatro será afetada por problemas mentais em algum momento da vida.

Como qualquer doença, o transtorno mental é tratável. E, quanto mais cedo diagnosticado, maior a chance de cura.

Confira abaixo, os sinais que merecem atenção ou pelo menos uma consulta com seu médico para descartar a possibilidade de doença:

1. Seu humor oscila
É normal experimentarmos mudanças de humor causadas por mudanças nas circunstâncias que nos rodeiam. O importante é observar quando a mudança de humor é desproporcional. “Ficar atolado em emoções e ter dificuldade para sair desse estado” é algo a ter em conta, diz Harini Ramchandran, co-fundadora da Escola de Excelência, uma instituição de programação neurolinguística.

Fique atento para estes sintomas: “Se você se irrita ou se frustra com facilidade e seus níveis de tolerância estão muito baixos”, diz Sanju Gambhi, psiquiatra do Primus Super Specialty Hospital. “Você tem dificuldade de processar corretamente o que as pessoas dizem, sem encontrar explicações razoáveis.”

2. Você sente uma dor inexplicável
A dor é uma mensageira. Seu corpo envia alguns sinais físicos na tentativa de avisá-lo de que há um problema de saúde mental à espreita.

O sinal de alerta virá “na forma de sintomas físicos ou somáticos inexplicáveis, tais como dores no corpo, sintomas gastrointestinais e assim por diante”, diz Samir Parikh, diretor de saúde mental e ciências comportamentais da Fortis Healthcare.

3. Seu mundo parece desmoronar (durante um período prolongado)
“Chamo de efeito cascata múltiplo: quando os relacionamentos com pessoas importantes (amigos, pais, parceiros) ficam confusos e você tende a odiar as pessoas, há um problema”, afirma Ramchandran.

Se você sentir que está perdendo contato com o mundo funcional (relações interpessoais, socialização etc.), provavelmente é hora de parar e reavaliar sua saúde mental.

 

4. Você tem problemas para dormir e falta de apetite
Ambos são sintomas muitas vezes ignorados. Muitos transtornos mentais estão associados a distúrbios do sono. Psicoses, transtornos de humor, transtornos de ansiedade, síndrome do pânico e alcoolismo e costumam ser observados em pacientes que se queixam de problemas para dormir.

Dito isto, não se assuste à toa: não conseguir dormir de vez em quando, ou ter insônia depois de um dia agitado, é normal. 

5. Você anda muito esquecido
“A maioria dos problemas psiquiátricos e psicológicos também provocam dificuldades nos processos cognitivos e mentais, incluindo falta de atenção e concentração, esquecimento e dificuldade na tomada de decisões”, diz Parikh. O mesmo vale para a procrastinação.

“Muita gente fica presa num círculo: tenta se concentrar em algo, mas simplesmente não é capaz – uma parte da pessoa quer, mas outra não quer”, diz Ramchandran. Se vivido com muita freqüência, esse conflito interno merece investigação.

6. Você quer se prejudicar ou se ferir
Este é um sinal de alarme que não deve ser ignorado. Você deve agir imediatamente, procurando ajuda.

Isso inclui o abuso de substâncias. Impulsos incontroláveis de ceder a essas atividades são sinal de que algo não está certo.

Informações parciais da fonte:

http://www.brasilpost.com.br/2015/11/03/6-sinais-saude-mental_n_8461972.html

Benefícios do Esporte

O7191R0.jpg
Praticar esportes, realizar alongamentos, pode proporcionar muito mais que um corpo bonito. Os benefícios são de amplo espectro. Confira-os a seguir:
Promove o convívio social
O esporte também é uma oportunidade para fazer novos amigos.
Melhora a autoestima
A sensação de deixar o corpo mais saudável e forte, influencia na forma como você se vê no espelho. As conquistas do esporte também proporcionam muita confiança, interferindo de forma positiva na autoestima.
Aumenta a disposição
O exercício cansa fisicamente durante sua realização. Porém, nas demais horas, o efeito é inverso: ganhamos mais disposição para o trabalho e lazer.
Durante atividades físicas, o cérebro libera endorfina, conhecida como o hormônio do bem estar, por proporcionar a sensação de euforia e prazer.
Controla a ansiedade
A concentração no treino ajuda a tirar o foco das situações que geram ansiedade.
Melhora a memória
Praticar esportes, dança, pode favorecer o bombeamento de sangue para o cérebro e outras partes do corpo, além de estimular a criação de novas sinapses e aumentar a capacidade de comunicação entre as células nervosas, deixando o raciocínio mais rápido e melhorando a memória.
Melhora o humor
Previne a depressão
Exercícios físicos aumentam os níveis de serotonina e dopamina, hormônios responsáveis por melhorar o humor.
Ao conseguir ânimo para se exercitar, a pessoa pode superar dificuldade psíquicas como a depressão.
Melhora o sono
30 minutos de atividades físicas podem fazer com que durma melhor ou com mais facilidade. Noites mal dormidas podem levar a problemas como cansaço durante o dia, redução de memória e depressão.
O ideal seria realizar os exercícios, no mínimo, 4 horas antes de dormir, pois a elevação da temperatura corporal pode dificultar o sono.
Informações parciais da fonte:
Imagem: <a href=”http://www.freepik.com/free-photos-vectors/people”>People photograph designed by Pressfoto – Freepik.com</a>

Sintomas da Desidratação

Campanha-ÁGUA-2014

Evento: SONO e QUALIDADE DE VIDA com Dr. Sérgio Barros

Cartaz Final_Curvas 1

Diga adeus à insônia com…

Diga adeus à insônia com um casamento feliz

0001ronco

Por Rocío Gaia / EFE

Em uma época em que em muitos países ocidentais aumentam os divórcios e separações, os estudos médicos apresentam algumas boas razões para “pensar duas vezes” antes de terminar definitivamente uma união sentimental, e retornar a uma nova etapa de celibato.

 Diferentes pesquisas começam a mostrar que o casamento pode favorecer de diferentes maneiras seus integrantes femininos, não só quanto a melhorar seu equilíbrio psicológico, plenitude sexual e bem-estar emocional, mas também influir positivamente em algumas funções orgânicas.

 Para que estes benefícios aconteçam o vínculo deve cumprir um requisito que costuma ser difícil de garantir quando a relação superou a etapa de paixão inicial e foi corroída por longos anos de convivência: que a união apresente uma dose considerável de felicidade.

 Seja como for, se você está casada e feliz, os cientistas têm uma boa notícia para lhe dar: você dormirá e descansará melhor.

 Um grupo de pesquisadores da Universidade de Pittsburg descobriu que as mulheres em casamentos felizes têm menos problemas para dormir que aquelas que não mantêm uma relação estável.

 As preocupações econômicas, o consumo de álcool e cafeína e a constância nas relações sexuais, assim como os sintomas depressivos, os problemas no trabalho, as crianças e a medicação, não parecem influir tanto quanto a felicidade conjugal quando se trata de conseguir as ansiadas e recomendadas oito horas diárias de sono.

 Benefícios da felicidade conjugal
“As mulheres felizes no casamento se queixam menos de alterações no sono, entre as quais se incluem as dificuldades para adormecer, o despertar durante a noite ou muito cedo pela manhã e um sono inquieto, se forem comparadas com aquelas que gozam de uma menor felicidade conjugal”, assinala a professora de Psiquiatria Wendy Troxel, que comandou a pesquisa.

 Para chegar a estas conclusões e pesquisar a relação entre a felicidade matrimonial e a qualidade do sono, os pesquisadores de Pittsburg entrevistaram 1.938 mulheres de entre 42 e 52 anos, de sete grandes cidades americanas.

 Além disso, segundo outro estudo americano, neste caso da Universidade Brigham Young, em Utah, as pessoas casadas e felizes têm uma pressão arterial inferior à experimentada pelos indivíduos casados e infelizes ou que vivem em celibato.

 “Aparentemente, o casamento traz alguns benefícios de saúde exclusivos, embora o que mais a protege é ter um casamento feliz”, assinalou a autora do estudo, a psicóloga Julianne Holt-Lunstad, especializada em relações e saúde.

 Participaram de sua pesquisa 204 adultos casados e 99 solteiros que usaram monitores portáteis de pressão arterial, que a registraram em intervalos aleatórios e forneceram um total de 72 leituras, ao longo de 24 horas, para poder efetuar as medições dos participantes enquanto realizavam suas atividades normais e cotidianas.

 Descobriu-se que, em geral, as pessoas casadas e felizes tinham quatro pontos menos nas leituras da pressão arterial que os adultos solteiros, e que a pressão arterial entre os unidos matrimonialmente, sobretudo quando eram felizes, caía mais durante o sono que entre as pessoas solteiras.

 Esta descoberta é importante, porque se sabe que as pessoas cuja pressão arterial permanece alta durante o período noturno têm um risco maior de sofrer problemas cardiovasculares que aquelas cuja pressão arterial se reduz de noite, avaliou a doutora Julianne.


Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 2.143

Calendário

maio 2021
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Estatísticas do Blog

  • 1.014.685 hits

%d blogueiros gostam disto: